Alexander Sergeievich Dargomijsky

Biografia

Nascido em Troitskoye, 14 fev 1813 e morto em S. Petersburgo, 17 jan. 1869.

Com Glinka, firmou uma tradição de Ópera nacional, baseada nas canções folclóricas e preocupada com o realismo dramático, e através de suas canções, que vão de expressivos romances líricos e baladas intensamente dramáticas, deu uma contribuição importante ao repertório. Nascido de uma família rica e aristocrática, que se estabeleceu em S. Petersburgo em 1817, teve aulas de música mas escolheu como carreira o serviço público. Porém ao tornar-se amigo de Glinka (1833-4) dispôs-se a compor sua primeira ópera, Esmeralda (1841), ao mesmo tempo em que se tornou famoso professor de canto e começou a escrever canções. Demitindo-se de seu cargo oficial em 1843, viajou ao exterior , e a partir de 1845, fez experiências com canções dentro de padrões de linguagem caracteristicamente russos, buscando uma expressão direta de textos sobre temas do dia-a-dia, através de uma linha vocal declamatória e de um simples acompanhamento de acordes. As Óperas Russalka (1855), com sua música folclórica ricamente colorida, e acima de tudo O Convidado de Pedra (1866-9; completada por Cui e Rimsky-Korsakov, 1870) foram o auge de sua busca por uma fidedigna expressão musical das emoções. Apesar desta última nunca ter se tornado popular, mesmo na Rússia, é encarada como uma forte influência sobre os compositores nacionalistas russos, particularmente Mussorgsky, e é a obra pela qual Dargomijsky tornou-se mais conhecido. Suas obras orquestrais, Baba-Yaga (1862) e Kazochok (1864), fantasias baseadas em canções folclóricas, e a fantasia finlandesa (1863-7), são eficientes “prelúdios teatrais” na tradição de Glinka.

WebDesignSobe ↑