Montcourt sofreu parada cardíaca, aponta autópsia preliminar
08/07/2009 às 12h54

Paris (França) - Os exames preliminares realizados no corpo do ex-tenista Mathieu Montcourt, encontrado morto na terça-feira na porta de seu apartamento no arredores de Paris, indicam que ele sofreu uma parada cardíaca. Segundo uma fonte da polícia da capital francesa, testes preliminares indicam a o problema no órgão como causa do falecimento do jogador de 24 anos.

Montcourt passou a tarde do dia de sua morte na casa de Patrice Dominguez, diretor da Federação Francesa, assistindo filmes com Mathieu, filho do dirigente. Dominguez contou aos policiais que o tenista aparentava estar tranquilo e sem qualquer tipo de problema físico que pudesse implicar em sua morte. Vizinho do atleta, o diretor foi o último a ver Montcourt com vida e por isso foi interrogado.

Ainda sem pistas mais contundentes, a investigação não descarta a utilização de medicamentos e outros tipos de drogas e substâncias ilícitas. Exames mais detalhados serão realizados em breve para esclarecer o trágico falecimento do francês, que ocupava a 119º colocação do ranking de entradas da ATP. Os resultados definitivos sobre o óbito devem ser divulgados até o fim-de-semana.

Montcourt começou a cumprir suspensão imposta pela ITF nesta segunda-feira após ser flagrado por apostar em partidas de tênis há quatro anos. Além de ter sido afastado dos torneios por cinco semanas (ele teve a pena reduzida recentemente), Montcourt também foi multado em US$ 12 mil. Ele classificou as punições como ridículas, já que a quantia que colocou em jogo era irrisória e jamais envolveu seus próprios compromissos profissionais.
Fonte normalFonte média