Todo Dia
TodoDia Data Division
Sábado, 21 de junho de 2003
Ceav tenta mudar futuro de crianças

Centro Educacional de Americana atende a 30 crianças carentes, com idade entre três e seis anos

Sandra Coelho - Americana

  Utilizar um local que já foi um albergue como escola para evitar que no futuro a construção de presídios, reformatórios e até mesmo outros albergues seja necessária. É com essa idéia que a AEA (Associação Espírita de Americana) criou, em 1994, o Ceav (Centro Educacional Arlindo Valim), que atende a 30 crianças carentes, com idade entre três e seis anos, na pré-escola e maternal. Há dois anos, o projeto foi implementado com um programa de adoção de alunos para possibilitar a expansão dos trabalhos.
  “Desde 2001, temos 12 empresários que adotaram um aluno cada um e nos ajudam com as despesas de manutenção”, afirmou a diretora da escola, Sônia Maria Destro Valim, viúva do idealizador do Centro, já falecido.
  Segundo ela, onde a escola está instalada, funcionou um albergue da AEA de 1946 a 1992. “Concluímos que seria melhor fazermos mais pela educação dos futuros cidadãos do que apenas dar a assistência”, disse.
  Este ano, a associação, que mantém outros departamentos, pretende expandir a participação de empresários ou pessoas físicas que queiram ajudar a cobrir os custos dos alunos. Atualmente, os parceiros doam R$ 120 por criança mensalmente e o valor é dedutível do imposto de renda.
  De acordo com a secretária da AEA, Luciene Cristina Berje Armelin, a entidade recebe uma verba anual da prefeitura, mas todos os demais custos são cobertos com recursos arrecadados em eventos realizados pela associação. Segundo ela, em agosto, está previsto um bingo e, na próxima sexta-feira, às 19h, haverá uma palestra na entidade para explicar às pessoas o sentido do projeto do Ceav.

ATENDIMENTO

  Para amenizar as dificuldades financeiras, o Ceav conta com o trabalho de muitos voluntários. Dentistas, psicológas, professora de inglês, entre outros, não ganham salário para se dedicar aos pequenos. A AEA paga salários de quatro funcionários e, de acordo com Sônia, os encargos sociais são a despesa que mais pesam no orçamento.
  Com os voluntários, no entanto, a entidade consegue manter um atendimento completo às crianças. Além das atividades em sala de aula, os alunos contam com brinquedoteca, informática, aulas de artes cênicas, parque recreacional e acompanhamento psicológico.
  O resultado está na ponta da língua dos meninos e meninas que ficam na escola das 13h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira. “Eu gosto de tudo, dos meus amigos, de brincar e estudar”, disse L.P., de cinco anos. Ela é uma dos 16 alunos da Aama (Associação de Assistência ao Menor de Americana), que estudam no Ceav. A Aama é uma casa transitória que abriga crianças afastadas do convívio familiar por decisão do Conselho Tutelar. As demais crianças também são carentes, mas moram nos bairros próximos à AEA.
  Para os interessados em participar da palestra ou em ajudar o Ceav, o endereço do Centro é Rua Olavo Bilac, 303, Vila Jones. O telefone é (19) 3461-8078. O atendimento é das 13h às 17h.


AMERICANA

PTB tenta se fortalecer com três novas filiações

Convites foram feitos a Evangelista, Campanha e Gelson Ginetti

Sandra Coelho - Americana

  O PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) pretende ampliar o seu quadro em Americana. Nas últimas semanas, o presidente do partido na cidade, o vereador Décio Rosolen Filho, o Decinho, fez convites a pelos menos dois vereadores e um secretário municipal. Se algum deles aceitar, a filiação poderá ser feita na segunda-feira à tarde, quando o deputado estadual petebista Campos Machado estará em visita ao prefeito Erich Hetzl Júnior (PDT).
  O secretário pedetista de Obras e Serviços Urbanos, Gelson Ginetti, foi um dos sondados por Rosolen. Ginetti não confirmou se aceita o convite, mas disse que o fortalecimento da frente trabalhista na cidade está sendo estudado. “É uma hipótese, mas não confirmo nada ainda”, afirmou Ginetti.
  O vereador Davi Evangelista (PPS) também não deu como certa a mudança de sigla. “São conversações que vão se prolongar pelo fim de semana inteiro”, disse.
  O presidente da Mesa Diretora da Câmara, Antonio Campanha (PDT), afirmou que irá se posicionar sobre o convite depois de uma reunião com a cúpula de seu partido, o que está previsto para a segunda-feira de manhã. “Tudo depende da conversa que teremos”, ponderou o vereador.
  “A idéia é dar todo o apoio à administração e fortalecer a frente trabalhista, e não pedir cargos”, afirmou Décio Rosolen.

CARLINI

  Se a política municipal pode motivar a troca de partido de Ginetti, Campanha e Evangelista, o secretário de Educação Herb Carlini já anunciou que deve deixar o PDT em função do rompimento do líder nacional do partido, Leonel Brizola, com o governo federal.
  “Essa postura do Brizola está inviabilizando o partido tanto no âmbito estadual como no nacional, e as pessoas estão deixando a sigla”, disse Carlini, afirmando que de 26 deputados que o PDT tinha no início do ano, restam 15.
  O secretário afirmou que antes de tomar a decisão final, deverá conversar com líderes do partido na cidade e na região, mas adiantou que não deve filiar-se a outra sigla tão cedo.
  “Não tenho pretensões eleitorais e, por isso, não tenho pressa e posso esperar até o fim do ano ou começo de 2004”, afirmou. Carlini citou o PT e PSB como possíveis siglas às quais poderia filiar-se.
  Carlini, antes do PDT, foi filiado ao PT. Em 1989, com o rompimento da aliança PT-PDT, Carlini teve que escolher entre o cargo (secretário da Educação) ou o partido. Para não perder o cargo, Carlini deixou o Partido dos Trabalhadores, se filiando posteriormente ao PDT.
  O presidente do PDT em Americana, Belmiro José dos Santos, disse que não foi informado de qualquer mudança na sigla.


E-MAIL

Filho de ex-prefeito registra queixa

Juliana Tonin - Santa Bárbara d’Oeste

  Felipe Bagnoli de Araújo, filho do ex-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste José Maria Araújo Júnior (PSDB), registrou, segunda-feira, um boletim de ocorrência solicitando que a polícia da cidade investigue o autor de um e-mail anônimo. O texto do correio eletrônico faz sérias acusações contra Felipe.
  O e-mail foi amplamente divulgado na cidade, espalhando comentários entre os moradores de Santa Bárbara. Além de procurar a polícia para registrar um boletim de ocorrência, Felipe mandou, anteontem, publicar no jornal local um texto, intitulado “Esclarecimento”, em que ele afirma que o e-mail seria falso e sem fundamento.
  Num trecho da carta, Felipe escreve: “Talvez ele (autor o e-mail) seja mau e queira fazer o mal. Talvez ele seja louco e tenha cometido um ato de loucura. Talvez ele não goste mim e queira me magoar. Talvez ele não goste dele próprio. Talvez ele seja político e queira colher alguma vantagem política. É uma pena que ele não tenha assinado o que escreveu”.
  José Maria foi duas vezes prefeito de Santa Bárbara (1983-1988 e 1993-1996) e uma vez deputado estadual (1991-1992), renunciando ao mandato para concorrer a prefeitura. Político e empresário na cidade, o ex-prefeito disse não entender o que levou uma pessoa a escrever e distribuir, via Internet, o texto difamatório. “Isso é uma coisa tão maluca que não sei dizer que motivo essa pessoa poderia ter. Essa é uma agressão gratuita, sem qualquer propósito”, afirmou Araújo. O e-mail chegou ao conhecimento de Felipe ainda na segunda-feira, por meio de amigos, que ligaram para saber o que estava acontecendo.
  Segundo o ex-prefeito, o filho procurou a polícia imediatamente para prestar queixa. José Maria explicou que a polícia local pediu ajuda a policiais de São Paulo, especializados em crimes cometidos pela Internet. Os policiais devem rastrear o endereço do e-mail, xxxxx9@zipmail.com.br. Na carta, enviada à Imprensa, Felipe diz que o endereço eletrônico foi cancelado logo após o autor ter enviado a mensagem, “uma carta de seis folhas”.
  “Espero que essa pessoa seja identificada”, disse José Maria, que afirmou, ainda, que atos como esse seriam para atingi-lo como político. “O alvo disso tudo sou eu. Estão usando meu filho para me atingir”, afirmou o ex-prefeito, que preferiu não comentar se os motivos poderiam estar relacionados ao fato seu nome ser um dos cotados para concorrer às eleições municipais de 2004.
  Procurado pela reportagem do TodoDia, Felipe não quis comentar o caso. Devido ao ponto facultativo estadual, a reportagem não teve acesso ao boletim de ocorrência registrado pelo filho do ex-prefeito.


A noite é de Bruno & Marrone

  Acontece, na noite de hoje, um dos shows que prometem levar o maior número de pessoas para o recinto do CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana), durante a segunda parte da 17ª Festa do Peão Boiadeiro de Americana. A assessoria da festa espera que cerca de 35 mil visitantes passem pelas catracas para assistir à apresentação da dupla sertaneja Bruno & Marrone. Ano passado, os cantores levaram 49 mil pessoas para a Festa, o recorde da edição, mas não superaram os 56 mil visitantes que conseguiram arrastar em 2001.
  Apresentando o show “Sonhos, planos e fantasias”, título do décimo trabalho da dupla, depois do bem vendido “Acústico” (1,5 milhão de cópias), Bruno e Marrone trazem uma nova performance ao palco, acompanhados por uma banda de nove músicos, backing vocals e bailarinos. Como de costume, a dupla deve alternar músicas mais dançantes com momentos românticos, cantando vários sucessos, como “Amor de Carnaval”, “Um Bom Perdedor” e, claro, a música que catapultou os dois para o sucesso, “Dormi na Praça”. O repertório deverá se basear no CD “Acústico Ao Vivo”, lançado em meados de 2001. Não devem faltar também canções do último trabalho.
  Acontece hoje também a última etapa do rodeio profissional completo e provas cronometradas. Amanhã, serão conhecidos os peões que terão o “porquinho engordado”, caso consigam, com técnica e um pouco de sorte, as notas necessárias para alcançar a glória.
  E para quem permanecer em pé após o show, as atrações não param. A boate e a microcervejaria, unanimidades entre os notívagos com pique e disponibilidade de horário, ficam abertas até o último cliente que quiser aproveitar o máximo da noite sem precisar ir para outro lugar.
(GB)


Daniel ‘arrasta’ tietes a hotel

  Tietes de todas as idades se aglomeraram, na tarde de ontem, na frente do Florença Palace Hotel, em Americana, onde o cantor Daniel ficou hospedado antes de seu show na Festa do Peão Boiadeiro de Americana.
  A chegada do cantor estava prevista para às 16h, mas, desde às 6h, duas fãs já aguardavam na frente do hotel. “Ele é a razão da minha vida. Ele é a paixão da minha vida”, alegou a estudante Patrícia Aparecida dos Santos, 20. Ela e sua amiga Graziela Cândido Dias, 15, foram as primeiras fãs a chegar no portão do hotel. “Há cinco anos que a gente vem aqui. Ano passado, chegamos às 5h”, contou Graziela.
  A dona de casa Maria do Carmo de Souza, 34, grávida de oito meses e meio, também chegou cedo ao local, às 11h30. “Sou fã dele desde o começo da carreira, quando ele cantava com o João Paulo”, lembrou a gestante. O carinho pelo cantor chega a tanto, que Maria do Carmo quer colocar o nome de sua filha de Daniela, em homenagem ao ídolo. “Mas a minha mãe não quer”, lamentou.
  Outra fã, uma vendedora de 34 anos, que pediu para não ter seu nome publicado, conseguiu tocar na mão de Daniel, na tarde de ontem, e foi ao delírio. “Eu morro por esse homem”, disse a vendedora. Ela foi escondida ver o cantor e disse que seu marido não poderia nem sonhar que ela estava lá.
  Assim que Daniel chegou no hotel, retribuiu o carinho das fãs, distribuindo fotos autografadas no portão do hotel e jogando botões de rosas da janela. “É o pouco que podemos fazer. A gente tem de estar sempre perto”, alegou o cantor.
  Daniel faz shows na Festa do Peão de Americana, desde a primeira edição, há 17 anos. “Fico feliz de saber que faço parte dessa história. Me lembro, como se fosse hoje, da primeira vez que fiz um show aqui. Isso dá saudade. Poder estar aqui mais um ano é um privilégio”, disse Daniel.
  O show da noite de ontem fez parte das comemorações de 20 anos de carreira do Daniel e conta com a participação de Cristian Fernandes, o garoto de 11 anos que foi revelado pelo programa “Raul Gil”, na TV Record.
  De acordo com o cantor, o show de 20 anos é uma retrospectiva de sua carreira, com muita interação com o público, diversão e interação com outros artistas, através de imagens em um telão.
(Gisele Rodrigues)


PROGRAMAÇÃO

DIA HORÁRIO EVENTO

Hoje 20h Rodeio Completo, Provas Cronometradas e Show de Cavalos Adestrados
Bruno & Marrone

Amanhã 17h Rodeio Mirim, Final das Provas Cronometradas, final do Rodeio em Touro e Cavalo e premiação. Serão destinados F$ 200 mil em prêmios
Rouge

Fonte: Clube dos Cavaleiros de Americana


Show atrai 26 mil pessoas

Cantor voltou a encantar o público, com um repertório romântico e dançante, na noite de ontem

Gustavo Brigatti - Americana

  Abrindo seu show, na noite de ontem, com a canção “Declaração de Amor”, o cantor Daniel começou acertando em cheio um público estimado em 26 mil pessoas que, segundo a Assessoria de Imprensa da Festa, ficou dentro das expectativas. Ao som dos primeiros acordes, a multidão marcou presença na arena e na arquibancada para prestigiar de perto o ídolo, cantando junto e acompanhando as evoluções do show, ora dançante, ora intimista e romântico.
  Houve também espaço para covers de músicas de outros artistas considerados referência para Daniel. O repertório se baseou no CD “Meu Mundo Encantando”, que está em sua segunda edição e composto basicamente por canções sertanejas de raiz. O garoto Cristhian, pupilo do cantor, também teve seus momentos de estrela e acompanhou Daniel em algumas canções, numa mistura que encantou público.

RODEIO

  Finalizando o antepenúltimo dia de rodeio, os peões que arriscaram o couro sobre cavalos e touros, na noite de ontem, pontuaram e competem hoje, novamente, por um lugar ao sol no disputado mundo do rodeio profissional. Após 26 montarias em touro, Rodrigo Dal Col garantiu o primeiro lugar com 164 pontos, seguido de Carlos Ventura, com 156, e Ananias Pereira, com 152. A etapa com cavalos rendeu 21 montarias, e segue com Toni Jucelino Costa, com 144 pontos, Silvino José dos Santos, com 137, e Luiz Antonio Nascimento, com 136.
  Na competição Bulldog, Fernando Costa conseguiu o melhor tempo, com 9,56 segundos, seguido por Carlos Ferraz Porto, com 11,19 segundos, e, em terceiro, lugar, por Leonardo Frizzo, de Americana, que parou o cronômetro em 12,07 segundos.
  Na prova Três Tambores, a amazona Daniele Sudário ficou em primeiro lugar, com 32,299 segundos, seguida de Aline Lima Dias, com 32,847, e Tamara Franzin Júlio, cravando 33,128 segundos. Na prova do Laço de Bezerro, o peão Otávio Daniel Moreira Lopes “fincou a bota” no primeiro lugar, com 16,42 segundos, deixando pra trás Ademir de Oliveira, com 17,37, e Nilton Braga, com 17,44 segundos.
  Na última modalidade, Laço em Dupla, o melhor tempo ficou com Acássio Valentim Poritel Júnior e Leandro César da Silva, com 12,22 segundos. As duplas Adélio de Lima Dias e Ricardo Mota Cordeiro, com 12,24 segundo, e Claudionor Soares Luiz Aparecido Soares, com 12,82, garantiram o segundo e terceiro lugar, respectivamente.


Até a platéia segurou ‘o tchan’

  Ao som de playback de percussão, pandeiro, tambor, trompete e cavaquinho, o grupo É o Tchan subiu na Carreta Palco Natu Nobilis para mostrar o que tem de melhor: o rebolado das dançarinas Scheila Carvalho e Sheila Mello, gingando, subindo e descendo, fazendo a platéia masculina emudecer e as mulheres desdenharem. Comandando o grupo, o vocalista Renatinho da Bahia dava as ordens que se tornaram clássicos dos bailes de carnavais e afins: “bota a mãozinha”, “dá uma abaixadinha”, “agora uma reboladinha”, “descendo, descendo”, sendo prontamente obedecido por parte da platéia reunida defronte ao palco, que se mostrava solidária ao resto do grupo nas coreografias.
  O repertório de músicas da época áurea do axé, em meados dos anos 1990, foram relembradas em clima de pura nostalgia. Não faltaram as sempre presentes “Segura o Tchan”, “Dança do Bumbum”, “Lamba Tchan” e outras da fase em que Carla Perez, Débora Brasil, Jacaré, Cumpadi Washington e Beto Jamaica aterrorizaram pais e mães ensinando a ginástica erótica de suas músicas nos programas de televisão dominicais. Jacaré, único remanescente da formação original, diz se sentir em casa. “O É O Tchan é minha família, e me sinto muito feliz. Pretendo ficar no grupo até quando meu corpo agüentar ou enquanto durar a banda”, disse.
  Hoje, com o grupo partindo para sua quinta formação, a fórmula parece desgastada e dá sinais de cansaço. A próxima a abandonar o barco é a dançarina Sheila Mello, que substituiu Carla Perez quando esta resolveu seguir “carreira solo”, em 1998. Em entrevista concedida antes do show, Sheila confirmou sua permanência na banda até setembro, contrariando o que havia sido dito sobre a apresentação de ontem, que seria sua última. “Ainda temos uma boa agenda de shows até o fim do semestre”, disse. Seguindo os passos de sua antecessora, a loura deve se aventurar em projetos não tão distintos da sua atual ocupação. “Sou dançarina formada, e estou começando meu próprio grupo de dança, uma proposta diferente que quero mostrar para o meu público. Além disso, também tenho um programa de TV pronto”, explicou, sem revelar em qual emissora estreará como apresentadora. Sobre sua saída, a dançarina alegou motivos profissionais e de “necessidade de crescimento”.
  “É muito triste pra mim, porque são pessoas que eu adoro, que eu convivi por cinco anos e isso parte meu coração. Entretanto, estou feliz por estar buscando novos ideais, numa fase da minha vida em que estou crescendo profissional e emocionalmente, e isso é importante para todo ser humano”, completou a loura.
(GB)


Camarote Horizon VIP

Convidados VIPs

  A exemplo dos dias anteriores, o camarote da Horizon ficou repleto de gente empolgada com o show do cantor Daniel, na noite de ontem, na 17ª Festa do Peão Boiadeiro de Americana. Os convidados, mais uma vez, puderam desfrutar de um lugar privilegiado para acompanhar a apresentação musical.


Silviane Assis, Simone Albim, Marcia Adamson e Adriana Andrade


Carlos Menezes, Émerson Assis, Sérgio Freitas, Luiz Antonio Adamson e Libório Albim


MANTO DE CRISTAL

Engenheiros visitam local de obras

Obra que será feita no Centro de Paulínia vai consumir investimentos na ordem de R$ 98 milhões

Da Redação - Paulínia

  A Prefeitura de Paulínia organizou uma visita, ontem pela manhã, com funcionários das empresas que se interessaram pela construção do “Manto de Cristal”, conhecido popularmente como “pirâmide”. O local escolhido para ser instalado o megaprojeto do prefeito Edson Moura (PMDB) foi o Centro da cidade. A visita foi técnica, e cada empresa foi obrigada a enviar um engenheiro civil comprovado por uma certidão do Crea (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia). Por quase duas horas, os responsáveis pela empresa andaram pelo Centro da cidade em um ônibus da prefeitura visitando os locais.
  As obras são relativas à revitalização e proteção de edificações do patrimônio histórico e cultural do município na região central, entre a Avenida José Paulino e Rua Malavazzi, na altura da Rua Oscar Seixas de Queiroz, em frente à Avenida Brasília, compreendendo melhorias no sistema viário da Avenida José Paulino, estacionamentos e o Complexo Manto de Cristal.
  A estimativa do valor do contrato, segundo o edital da prefeitura, é de R$ 98 milhões. O edital é referente à pré-qualificação de empresas interessadas na construção do projeto. A abertura dos envelopes de pré-qualificação está marcada para o dia 1º de julho, às 9h15, na Secretaria de Negócios Jurídicos, que fica na prefeitura, e pretende selecionar empresas nacionais para futura licitação, na modalidade concorrência, tipo menor preço, para a execução dos projetos e obras.
  O dinheiro, a estrutura e o que a obra pode propiciar são alguns dos pontos que a população questiona. O comerciante Carlos Capacle acha que o dinheiro que será gasto na obra, R$ 98 milhões, é um investimento muito grande. “O dinheiro poderia ser aplicado em outras prioridades, como saneamento básico, moradia e educação, além da saúde, que compreende várias coisas”, declarou.
  Para a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Paulínia, Iria Onira da Silva, o dinheiro gasto na obra poderia ser investido em outras áreas da cidade, que estão passando por necessidade. “Funcionários da Educação estão comprando material com o próprio dinheiro, o saneamento básico na cidade está faltando, o hospital precisa passar por reformas, o lado social da nossa cidade está esquecido e o servidores precisam ter seus salários reajustados”, disse.


‘Pirâmide’ é de vidro

  O projeto Manto de Cristal consiste numa cobertura de vidro laminado sustentada por uma estrutura espacial metálica, em formato de troncos de pirâmide, seccionados de maneira a formar degraus, sobre a igreja São Bento e sua casa paroquial, assim como o Museu e a Casa da Banda, construções antigas, que fazem parte da história da fundação do município. Ao lado da atual igreja de São Bento, será implantada uma nova nave, sem cobertura intermediária entre a mesma e a cobertura de vidro, recebendo, durante o dia, iluminação natural.   Abaixo da nave, será construída uma catacumba com centenas de nichos para sepultamento de cinzas e ossos. No topo da construção, haverá um mirante e, cerca de três metros abaixo dele, dentro do Manto, ficará suspenso um mezanino para exposições especiais. Para acesso ao mezanino, será implantado um par de elevadores panorâmicos para 18 passageiros, que também servirá o corredor subterrâneo e o andar térreo.
  Além do Manto de Cristal, um estacionamento subterrâneo será construído sob a praça entre a Rua Silvino de Godoy e Avenida José Paulino. Ele foi projetado em três níveis, com uma capacidade estimada em 100 vagas para cada nível ou subsolo, e arrecadação prevista por meio de bilhetagem e cancela automática.
(Da Redação)


AMERICANA

Carroceiros serão cadastrados por administrações

Sandra Coelho - Americana

  A partir de terça-feira, todas as administrações regionais de Americana farão o cadastro dos carroceiros que atuam na cidade. A medida foi decidida ontem, em uma reunião com a categoria, fiscais das administrações, o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Gelson Ginetti, e o vereador Davi Ramos (PCdoB).
  De acordo com o vereador, o cadastramento é o primeiro passo para regulamentar o trabalho dos carroceiros, que têm alegado não poder trabalhar devido à atuação de fiscais nos terrenos onde os entulhos são jogados.
  Nos próximos dias, deverão ser discutidos pontos que devem constar no projeto de lei para organizar o trabalho dos carroceiros. “A idéia é não prejudicar nenhum carroceiro e evitar que o entulho seja depositado em qualquer lugar”.


TRATAMENTO DE ESGOTO

Cumprimento de TAC deve ter início

Thaís Araujo - Nova Odessa

  A primeira fase do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para o tratamento do esgoto lançado por Nova Odessa no Ribeirão Quilombo deve ser iniciada, por exigência do Ministério Público, na próxima semana. A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) possui uma verba de R$ 427 mil para investir na compra e instalação de interceptores de esgoto.
  A partir de segunda-feira, a Coden irá iniciar a tomada de preços para a primeira fase das obras ao longo do Quilombo. De acordo com o diretor presidente da Coden, Mauro Borgatto, a verba foi destinada pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos e será liberada à medida que forem sendo realizados estágios da compra e construção. “Primeiro, as obras devem ser iniciadas para que, gradativamente, a verba seja liberada”, explicou Borgatto.
  A primeira etapa da construção será a medição do terreno para compra e construção dos interceptores. A obra possui um total de 8,2 mil metros lineares de interceptores, que são canos, os quais irão desviar o esgoto que cai no rio e direcioná-lo até a Estação de Tratamento, que está prevista para ser construída e estar funcionando até o final de 2008.
  Conforme informou o diretor presidente da Coden, o cronograma do TAC prevê que até 2005, cerca de 80% do esgoto seja tratado. A segunda fase estipula que até 2008 todo o esgoto seja tratado.

FISCALIZAÇÃO

  A Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) será o órgão responsável por verificar o cumprimento do projeto. De acordo com Borgatto, a Companhia que irá verificar o trabalho da Coden para liberar a verba.
  O diretor da Coden explicou que a construção dos interceptores é uma parte do projeto para tratamento do esgoto, uma vez que também será necessária a instalação de adutoras. “Com a instalação dos interceptores, o primeiro passo rumo ao tratamento estará sendo dado”, contou Borgatto.
  O esgoto que deixará de ser jogado no Ribeirão Quilombo irá cumprir o proposto pelo TAC. Segundo Borgatto, as obras estão programadas para terem início até o final de julho.


REIVINDICAÇÃO

Artesãos querem mais espaço para mostrar trabalhos

  Depois de conseguirem a aprovação de um projeto na Câmara de Americana que prevê o pagamento de 50% da taxa sobre o uso do solo público na semana passada, os artesãos da cidade querem mais espaço para expor e vender suas peças. Ontem, o pedido foi feito ao prefeito Erich Hetzl Júnior (PDT), pela representante dos artesãos que trabalham na Praça “Comendador Müller”, Lúcia Marangoni. “Não queremos apenas a redução da taxa, mas mais espaço para trabalharmos”, disse Lúcia.
  De acordo com o secretário de Cultura, Cláudio Froner, que também participou da reunião, juntamente com o vereador Davi Ramos (PCdoB), foi proposta uma parceria entre administração e artesãos.
  “A secretaria vai colocar no papel e agilizar a participação deles em eventos e em mais lugares da cidade, enquanto os artesãos vão ensinar um pouco de sua arte às crianças”, disse Froner, que considerou uma falha o fato dos artesãos não participarem da Festa do Peão Boiadeiro de Americana.
  “Nós nos colocamos à disposição para transmitirmos o nosso trabalho em oficinas gratuitas nas escolas de Americana”, completou a representante da categoria.

REGULAMENTADO

  De acordo com Ramos, o trabalho dos artesãos é regulamentado como profissão desde a década de 60 e cabe à prefeitura dar continuidade a esse tipo de cultura popular. “Deve existir um estímulo para que o município não perca essa arte”, afirmou.
(Sandra Coelho)


PROTESTO

Homem faz greve de fome por causa de meio ambiente

Juliana Tonin - Santa Bárbara d’Oeste

  Faixas de protesto estão chamando a atenção de quem passa pela Avenida Santa Bárbara. Desde as 8h de anteontem, José de Andrade, 45, está acampado na altura do Córrego Giovanetti. Andrade afirma estar fazendo greve de fome. O objetivo seria chamar a atenção dos órgãos responsáveis pelo meio ambiente a respeito da poluição do córrego. Ele alega que o Giovanetti estaria sendo poluído por empresas do Distrito Industrial de Santa Bárbara d’Oeste.
  Com amostra das águas recolhida em uma garrafa pet, um colchonete e um lençol usado como barraca, o morador do bairro Planalto está recolhendo assinaturas de pessoas que apóiam sua causa. Até as 16h30 de ontem, a lista contava com 38 pessoas.
  Andrade quer que sejam feitas análises da água do Giovanetti, bem como do solo que margeia o córrego. Ele diz já ter procurado a Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) e a Secretaria do Meio Ambiente do município, mas nada teria sido feito.
  Andrade afirma estar tomando apenas soro fisiológico e diz que ficará no local até que seu corpo agüente. Esta é a segunda vez que ele protesta no local. A primeria foi em cinco de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.
  Questionado se teria intenções políticas, Andrade afirmou que não. “Eu irei declarar, em cartório, que não pretendo e nem quero me candidatar a qualquer cargo político”.


OS MELHORES

Leilão de animais reúne 800 pessoas

Antes do leilão, o cavaleiro João Felipe Lacerda se tornou campeão da primeira final do evento

Gisele Rodrigues e Sandra Coelho - Americana

  Cerca de 800 pessoas acompanharam o 1º Ability Horse Sale, na noite de ontem, em Americana, na Fazenda São Jerônimo. Durante o leilão, que faz parte do 1º Ability Horse Show, foram colocados à venda 52 animais, sendo quatro paint horse, e os demais, quarto de milha. O evento também contou com a venda de seis garanhões. O leilão foi transmitido, ao vivo, pela Agrocanal.
  Um dos pontos mais altos da noite de ontem foi o leilão da égua Trouble Cash FF, do lote 41. A demonstração da égua foi feita pelo vencedor do Big Brother Brasil 2, Rodrigo Cowboy.
  O primeiro arremate do leilão foi feito pelo americanense Sérgio Possenti Neto, por R$ 14.250. Ele arrematou uma égua com grandes chances de ser eleita Potro do Futuro do próximo ano.
  De acordo Robinson Belé, presidente da Associação Paulista do Quarto de Milha, proprietário da égua Fascinação Moon Pi, uma das sensações do evento, o investimento para preparar um animal desses é alto, mas compensa. “O principal investimento é a intuição, a coragem e a escolha, além do dinheiro. É caro, mas compensa”, alegou Belé.
  Segundo Régis Frati, do Ranco do Tropeiro, um dos organizadores, o evento será realizado anualmente em Americana. “Este será um dos leilões de maior média do ano. E será o principal evento da Fazenda São Jerônimo anualmente”, disse Frati. Autoridades políticas, entra elas o prefeito Erich Hetzl Júnior (PDT), prestigiaram o evento.

COMPETIÇÃO

  O cavaleiro João Felipe Lacerda, 24, foi o campeão da primeira final realizada no 1º Ability Horse Show, que acontece desde quinta-feira. Lacerda foi o melhor entre os 25 cavaleiros que disputaram, na modalidade de rédeas, o Potro do Futuro (animais até quatro anos) na categoria aberta limitado. Hoje, às 19h, ele volta à pista para competir na categoria aberta, que reúne cavaleiros mais experientes.
  “Nessa, o prêmio é um carro zero quilômetro”, afirmou Lacerda. Com a vitória de ontem, o cavaleiro deverá levar um prêmio em dinheiro, mas ele ainda não sabe o valor.
  Na modalidade rédeas, o cavaleiro deve mostrar agilidade e controle nas manobras feitas sobre o cavalo. Giro de 360 graus, controle de velocidade (fazer o animal girar rapidamente e vagarosamente em movimentos alternados) e troca de mãos são alguns dos requisitos observados pelo juiz. “O cavaleiro tem de ser ágil e perfeito”, afirmou.
  Ainda na mesma modalidade, cujas provas são realizadas na pista coberta, ocorreu a 5ª Etapa do Campeonato Nacional de Rédeas, com início às 9h. Na pista aberta, as provas começaram mais cedo, às 8h, e terminaram por volta de 16h30. Durante todo o dia, os cavaleiros se revezaram nas provas de seis balizas para cavalo iniciante (não oficial) e seis balizas nas categorias amador, aberta, master, amador principiante, jovem e jovem principiante.
  Ontem, também estavam previstas as provas de três tambores para cavalo iniciante (não oficial) e três tambores categoria aberta, que foram adiadas para hoje de manhã. De acordo com a secretária da APCT (Associação Paulista do Cavalo Quarto de Milha), Ana Paula Mateus, iria existir um choque de horário entre as provas e o 1º Leilão Ability Show.
  Ainda hoje, na pista aberta, haverá a competição de três tambores nas categorias amador, master, amador principiante, jovem, jovem principiante e feminino. Na pista coberta, estão previstas outras provas na 5ª Etapa do Campeonato Nacional de Rédeas, às 9h, e a final do Potro do Futuro, categoria aberta, às 19h.


TODODIA NOS BAIRROS

Pais cobram sinalização

Travessia de rua em frente a escola, em Nova Odessa, é complicada

Thaís Araujo - Nova Odessa

  A pouca sinalização existente em frente à Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Salime Abdo, em Nova Odessa, está causando preocupação nos alunos, responsáveis e professores que freqüentam o local. Maria José de Oliveira, tia de um aluno da escola, disse que se preocupa com a ausência de sinalização de trânsito e vai buscar o sobrinho para que ele não tenha que atravessar a rua sozinho.
  Na escola estudam 700 alunos nos dois períodos. A rua é larga e não existe sinalização para facilitar a travessia das pessoas. Os horários de início e término das aulas são os mais tumultuados. “O transito aqui no horário que as crianças estão saindo é uma loucura”, comentou Maira.
  Os pais e responsáveis dos alunos não se sentem seguros em deixá-los atravessarem a rua sozinhos e se preocupam com motoristas que em algumas vezes se confundem com a preferencial do cruzamento perto do colégio.
  A Emef foi fundada em 1999 e desde então nenhuma placa ou faixa de pedestre foi colocada na escola. “Seria importante que fossem colocadas faixas e placas aqui na frente para que os motoristas tivessem mais atenção ao passar por aqui”, disse Maira.
  A escola fica na rua dos Mógnos, no Jardim Alvorada, e atende grande parte das crianças e adolescentes do bairro e da região. “Muitos alunos estudam aqui, o movimento é grande e na hora em que eles estão saindo, alguns pais vem de carro buscar e fica perigoso”, explicou a tia.
  Na opinião de Maria, um semáforo na porta da escola também ajudaria a controlar o fluxo de veículos e iria possibilitar a travessia tranqüila das crianças.

RESPOSTA:

  O Departamento de Trânsito da Prefeitura de Nova Odessa informou, através da Assessoria de Imprensa, que a sinalização de solo foi providenciada. Outras modificações para melhorar o trânsito no local, como placas, serão analisadas pelos técnicos do departamento. A possibilidade de serem instalados redutores de velocidade em frente à Emef será estudada, conforme informou a assessoria. Caso exista necessidade serão colocadas lombadas para diminuir a velocidade dos veículos.

Mande sua reclamação para o TodoDia nos Bairros
Avenida São Jerônimo, 2.210
Fax: (19) 3406-6236, para Elisabeth Marques


Editorias
Capa
Cidades
Brasil
Internacional
Esportes
Polícia
Z
Colunistas
TodoDia Imagem
Fogo Cruzado
Zé Pirata
Charge
Opinião
Editorial
Cadernos
Mulher
Triboz
Revista da TV
Veículos
Zzinho
Social
Absoluta´z
Dez
Barbarizando
Deztaque
Nova´z
Evidência´z
Estilo´z
Outros
Especiais
Assinaturas
Publicidade
Fale Conosco
Tira Dúvidas
A Empresa
A Região
Edições Anteriores

Copyright © 2001 - Editora Z -Jornal TodoDia - Todos os direitos reservados. Esta página é melhor vizualizada nos browsers MS Internet Explorer 4.0 ou superior ou Netscape 4.0 ou superior, com resolução de tela de 800 x 600 pixels e 256 cores ou melhor. webmaster