Ouça Tom JobimContatoCréditos/Copyright

| volta |

Tom Jobim - Várias canções foram feitas lá em Poço Fundo, como a "Estrada do sol", que posteriormente ganhou uma letra de Dolores Duran. Todas essas canções e sambas foram feitas sem o piano, porque eu não tinha piano lá. Naquele tempo não tinha nem luz elétrica. Foi tudo composto no violão.
Eu morava numa casa na beira do caminho, uma casinha precária, e estava contruindo uma maior, no alto do morro. A casa tem que ser feita num lugar alto, arejado, em soleira. Comprei o terreno baratinho, construí uma casa boa, custou 120 tupiniquins, um negócio baratíssimo, uma casa ótima, colonial, telhado com aquelas telhas velhas e aquelas vigas de madeira de lei que eu encontrei num desmonte. No estado do Rio, tem muita fazenda que foi desmontada e ficaram aquelas madeiras que não existem mais nas florestas daqui: maçaranduba, roxinho, peroba-do-campo e tudo o mais. Aquilo tudo ficou exposto ao tempo, jogado fora.
Aquilo vem do tempo da escravatura. Depois que acabou o café, acabou tudo, aquelas madeiras foram usadas como lenha. Aquelas vigas imensas ficaram ali deitadas ao relento. Eu comprei aquilo a preço de banana, mandava o caminhão lá, pegava aquelas vigas, e contruí a casa com aquelas madeiras de lei que a gente morre, os filhos morrem, os netos morrem e aquela madeira fica lá. O bicho não consegue comer. É uma madeira fortíssima. Aqui em casa, por exemplo, deu cupim, mas ipê não é comestível, não dá para morder. "Águas de março" nasceu assim. Foi feita em março, quase à entrada do outono. "E a terra ressequida bebera longamente a água da estação. E Fernão Dias entrou pelo sertão". Isso foi o Olavo Bilac que contou. É uma tradução poética. Depois, o americano me disse que as águas de março são as águas do degelo, quando os rios ficam parados, então aqueles rios começam a andar, e andam carregando aquelas pedras imensas de gelo. Aqueles rios do norte dos Estados Unidos, do Canadá. Essas são as águas de março para eles. Eu não pensei nisso, não fiz para isso.

| volta |