UpToDate Maio/98

Nelson

Picture

Version in English

Gonçalves

A     D  E  S  P  E  D  I  D  A     D  O     B  O  Ê  M  I  O

 
Rectangle

Leia também: [Entrevista Ping-Pong] [ O Último CD]

O FIM DE UMA ERA

[As Frases dos Leitores]

A morte de Nelson Gonçalves, aos 78 anos, no sábado do dia 18 de abril de 1998, aproximadamente às 21h, devido a uma parada cardíaca, representou não apenas a despedida de um dos mais importantes cantores da música brasileira de todos os tempos, mas também marcou o término do ciclo de ouro dos cantores de grandes vozes, interpretações dramáticas e de grande apelo popular, iniciado na década de 40, e que tinha nos nomes de Orlando Silva, Silvio Caldas e Francisco Alves, seus representantes máximos. Nelson encerrou uma era na música brasileira.

Rectangle

``Esse país não tem memória. Alguém sabe quando morreu Chico Alves? É por isso que quero ser cremado: pra ninguém fazer xixi na minha campa"

(Nelson Golçalves)

Picture

O ÚLTIMO ADEUS

Nelson Gonçalves foi velado na Câmara dos Vereadores, no centro do Rio, no dia 19 de abril, onde cerca de 600 pessoas foram levar o seu adeus ao cantor. Durante o trajeto ao cemitério, muitos aplausos e acenos dos populares. Nelson foi enterrado com uma faixa do Flamengo, time pelo qual torcia. O prefeito do Rio de Janeiro, Luiz Paulo Conde esteve presente e decretou luto oficial de três dias na cidade. Em seu terceiro casamento, Nelson deixou três filhos e dez adotivos. Há cerca de um ano e meio, ele estava separado de sua última esposa, Maria Luiza, uma ex-fã do cantor.

Rectangle

VIDA DE CAMPEÃO

Antônio Gonçalves Sobral era cantor e compositor, nasceu em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, no dia 21 de junho de 1919. Logo depois de seu nascimento, Nelson mudou-se com seus pais portugueses para o bairro do Brás, em São Paulo, onde foi criado. E para sobreviver, chegou a desempenhar as atividades mais diversas. Antes de trabalhar como garçom no bar de seu irmão na Avenida São João, em São Paulo, época em que envolveu-se com a boemia e com a música, trabalhou como engraxate, mecânico e jornaleiro. Bastante impulsivo e violento, aos 16 anos, foi campeão paulista de box, na categoria de peso-médio. Depois, durante o tempo em que morou no Rio, após ser recusado em várias rádios, foi finalmente crooner do Cassino Copacabana Palace, alcançando então o início da tão sonhada glória nacional.

Rectangle

ALTOS E BAIXOS DE UM ÍDOLO

Grande ídolo na década de 50, apresentou-se em diversas capitais e cidades brasileiras. Fora do Brasil, no Uruguai, Argentina e nos Estados Unidos, onde apresentou-se, em 1961, no lendário Radio City Hall, de Nova York. No final dos anos 50, envolveu-se com cocaína. Em 1966, chegou a ser preso em flagrante, passando um mês na Casa de Detenção. Depois caiu num ostracismo que lhe custou muito sofrimento e trabalho para se reerguer. Mas, Nelson vivia sua vida com uma intensidade perseverante quase que desenfreada. Sua vida pessoal parecia misturar-se aos dramas descritos em suas músicas. Nelson viveu e retratou plenamente a sua própria arte.

Rectangle
Picture

``É mais fácil sustentar dez filhos do que um vício"

(Nelson Golçalves)

UMA OBRA MONUMENTAL

Apesar da vida atribulada e do temperamento quente, Nelson Gonçalves dedicou mais de cinqüenta anos de sua vida à música. Durante sua carreira, gravou mais de 2.000 canções, 183 discos em 78 rpm, 128 álbuns e vendeu cerca de 78 milhões de discos, ganhou 38 discos de ouro e 20 de platina. Por seu último disco, `Ainda é Cedo' (1997), Nelson iria receber o disco de ouro. Teve seus discos lançados na China, América Latina, Itália, Alemanha e Portugal. Na Bélgica, em 1975, o primeiro lugar nas paradas de sucesso era a sua música intitulada ``Naquela Mesa". Um campeão em todos os sentidos, um homem sem qualquer limite.

Rectangle

O GRANDE PARCEIRO DE NELSON GONÇALVES

A mais bem sucedida parceria de Nelson Gonçalves foi com o seu amigo de longa data, Adelino Moreira, um dos maiores letristas e compositores do gênero samba-canção, que compôs para Nelson mais de 370 músicas. Adelino, que ajudou a cunhar definitivamente o estilo de Nelson, esteve presente no enterro do amigo, muito emocionado, cantando trechos da música ``Lua Namoradeira", tema que estava terminando de compor para a voz de Nelson.

Rectangle

UMA VOZ INESQUECÍVEL

E foi exatamente dessa parceria, a partir dos anos 50, que nasceram alguns dos maiores sucessos de Nelson, como ``A Volta do Boêmio", ``Deusa do Asfalto", ``Fica Comigo Esta Noite", ``Êxtase", ``Escultura". Eram temas românticos, em geral arrebatadores, de paixões perdidas ou imortais. E tudo devidamente embalado naquele maravilhoso vozeirão de grande extensão e muita emoção pura. E Nelson gabava-se de usar apenas um terço da potência de sua voz.

Ele, que estudou muito música, tinha uma técnica acabada e completa em afinação, harmonia, respiração, tônicas e divisão de palavras. Nelson marcou para sempre os boleros, os tangos, os foxes e qualquer coisa que cantasse. Enobreceu a dor-de-cotovelo, fez do brega uma coisa chique de uma maneira pioneira, toda sua.

Rectangle

``Sou uma espécie de dinossauro"

(Nelson Golçalves)

Picture

UMA ESPÉCIE DE DINOSSAURO

Nelson conseguiu reunir vários apelidos e títulos tais como, Rei do Rádio, Metralha (por ser gago), malandro, rouxinol, Frank Sinatra brasileiro, macho brasileiro, herói etc. Somente o tempo e o distanciamento histórico necessários para se entender melhor a dimensão e importância de Nelson Gonçalves para a música brasileira. Muita coisa precisa ser feita a seu respeito. Como ele mesmo disse, ``sou uma espécie de dinossauro".

Walter de Silva

UpToDate Home-Page

Copyright © 1998 UpToDate