O ÚLTIMO DISCO DE NELSON GONÇALVES

Rectangle
Rectangle
Rectangle
Rectangle
Rectangle
Rectangle
Rectangle

`AINDA É CEDO'

Picture

Ironicamente o último e excelente álbum de Nelson Gonçalves foi lançado com o título `Ainda é Cedo', nome de um dos maiores sucessos da Legião Urbana. Apesar de ter declarado repetidamente que estava preparando a sua saída de cena e que estava na hora de parar, Nelson demonstrava o contrário no entusiasmo com que falava de um outro `Ainda é Cedo 2'. Nunca era tarde demais para ele continuar a nos surpreender.

Nelson soube se reerguer já no final dos anos 60, e nos 70 continuar firme para nos anos 80 se renovar, gravando com Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Maria Bethânia, Fagner e Lobão. Nelson não esperou o reconhecimento passivo de quem fez grandes coisas pela música brasileira no passado. Ao contrário, ele foi de encontro aos maiores músicos que vieram muito tempo depois dele. Nelson soube entender as novas gerações e, com isso, se atualizou, trabalhando com eles. E recebendo deles um reconhecimento mútuo.

Picture

Com o projeto `Ainda é Cedo' ele foi um pouco mais à frente. Mostrou-se ainda mais jovem e atual ao gravar um álbum com sucessos de gente ainda mais jovem como o Legião Urbana, Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Cazuza, Lobão, Lulu Santos, Paula Toller e Herbert Vianna. Como alguém disse, Nelson prestou contas com o presente. Fez, indiretamente, com que esses relativamente novos nomes da música brasileira acabassem por prestar suas homenagens a ele por consentirem com sua única e magnífica interpretação.

Com a sua tradicional transposição para o jeitão bolero, Nelson fez uma outra leitura surpreendente de grandes sucessos que já estavam devidamente registrados no piloto automático de nossa recente memória musical. Ele trouxe a entropia à informação já existente, deixando-a mais saborosa. Com seu jeito à antiga, Nelson revitalizou músicas como ``Ainda é Cedo", ``Como Uma Onda", ``Faz Parte do meu Show", ``Me Chama" ou ``Você é Linda".

Enquanto que modernizar antigos sucessos parece ser uma das únicas vias possíveis de releitura de temas para muita gente, Nelson surgiu com uma proposta inversa: pegar temas pop atuais e ``envelhecê-los em tonéis de carvalho" de sua maravilhosa voz, que carregava toda a maestria de um canto que não existe mais.

Ainda bem que ele fez isso antes de partir. Por duas razões.

A primeira, e mais óbvia, é o prazer de se ouvir o último canto que ainda emociona. A segunda é que talvez aprendamos a lição do mestre que não se isola, não se enclausura à espera de medalhas, não fica na sua, mas vai de encontro aos mais jovens e revitaliza seus trabalhos, dando a eles um tratamento de sépia musical, colocando-os definitivamente na categoria de clássicos. Só mesmo um mestre para fazer isso. Sorte nossa que o tivemos e o teremos em seus discos. Foi-se um totem da música brasileira.

`AINDA É CEDO' - FAIXA POR FAIXA

produzido por Robertinho do Recife

direção artística Jorge Davidson

Gravado e mixado em Junho e Julho de 1997

BMG Brazil

1 - ``Como Uma Onda" (Like a Wave) / (Nelson Motta + Lulu Santos)

2 - ``Faz Parte do Meu Show" (It's Part of My Concert) / (Renato Ladeira + Cazuza)

3 - ``De Mais Ninguém" (From No One Else) / (Marisa Monte + Arnaldo Antunes)

4 - ``Meu Erro" (My Mistake) / (Herbert Vianna)

5 - ``Ainda é Cedo" (It's Early) / (Ouro Preto + Renato Russo + Dado Villa-Lobos + Marcelo Bonfá)

6 - ``Você é Linda" (You're So Beautiful) / (Caetano Veloso)

7 - ``Bem Que Se Quis" (Love One Wants To) / (Pino Danielle + versão Nelson Motta)

8 - ``Caso Sério" (Mean Situation) / (Rita Lee + Roberto Carvalho)

9 - ``Nada por Mim" (Nothing By Me) / (Herbert Vianna + Paula Toller)

10 - ``Simples Carinho" (Simple Love) / (João Donato + Abel Silva)

11 - ``Estácio, Holly Estácio" (Luis Melodia)

12 - ``Me Chama" (Call Me Up) / (Lobão)

UpToDate Home-Page

Copyright © 1998 UpToDate