Brazilian Music Up To Date
The Interview: Chico Science
This page in English

TRABALHO EM CONJUNTO

UpToDate –E como são feitos os arranjos de percussão?

Chico Science –No primeiro disco eu trabalhei esses arranjos. Trabalhei bem mais que os caras (da banda) porque eu já vinha com a concepção de umas músicas. E nesse disco agora, está bem mais maduro porque teve a colaboração de todos, todos mais juntos e unidos. Todo mundo escutou um som diferente lá fora (do Brasil). Todo mundo está morando junto ainda, se despreendendo e se estruturando. Então está todo mundo (da banda) escutando o mesmo som em casa. Então esse segundo disco foi um trabalho em conjunto de todos para conseguir esse resultado. Isso foi muito legal.

Mas as composições das letras parte mais de mim. O Jorge também escreve. Eu preciso sentar com o Fred (Mundo Livre) para fazer algumas coisas.


UpToDate –Vocês fariam alguma coisa com músicos estrangeiro, em show ou disco?

Chico Science –Eu acho interessante sim. Eu faria com certeza. Eu faria com as pessoas que tivessem mais a ver com a gente. Se o Michael Jackson chamasse a gente para fazer uma história, pô isso não teria nada a ver. Eu acho que eu não iria. Mas existem tantos outros artistas bem legais e com idéias afins. Antigamente o João Donato tocava com não sei quem, o João Gilberto com outro. Teve uma galera de jazz que se envolveu com o pessoal da bossa nova. E o pessoal ainda faz essas trocas. É legal fazer essas jam sessions.


Previous Main Interview Next

©Copyright : Brazilian Music Up To Date