Brazilian Music Up To Date
The Interview: Chico Science
This page in English

E O BRASIL?

UpToDate O que você acha do Brasil? Por exemplo, em termos do mercado fonográfico?

Chico Science Eu acho que quem vê o mercado fonográfico é o mercado fonográfico, são as pessoas que fazem. A gente está absorvido nesse meio todo, então já sabemos como funciona. Quem obtem esses resultados e quem usufrui mais disso tudo é o mercado fonográfico mesmo. Às vezes se tem boas intenções, mas depois péssimas intenções. Então você fica no meio dessas coisas, dessas idéias meio sinistras do mercado fonográfico junto com a mídia e tudo mais. Eu acho que tem que driblar isso aí e afastar isso de você porque isso é como uma doença. A gente tem que procurar fazer as coisa boas pra gente... Procurar ficar bem, estar bem e trabalhar bem, esse é o nosso negócio no mercado fonográfico.

E para as outras bandas, o pessoal que quer mostrar o som, eu acho que gravar um disco não é tudo. Ainda tem muita que o mercado fonográfico poderia fazer além de gravar um disco. O disco é um registro da sua emoção e das suas idéias, e é o que muita gente quer fazer. Mas os independentes estão aparecendo, estão nascendo os satelitezinhos aí. Tentando registrar as pequenas bandas e todo mundo que está afim de tirar um som e driblar esse mercado vicioso. É triste mas vamos lá!


Previous Main Interview Next

©Copyright : Brazilian Music Up To Date