Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Multimídia

Cinco passos para identificar sinais de distúrbios psíquicos

A proposta não é substituir o trabalho de profissionais, mas facilitar o encaminhamento a serviços especializados

julho de 2015

Situações preocupantes que envolvem pessoas com doenças mentais acontecem todos os dias em diversos lugares. Estimativas da Agência de Serviços em Abuso de Substâncias e Saúde Mental (SAMHSA), nos Estados Unidos, revelam que aproximadamente 20% dos adultos apresentam transtornos mentais em algum grau.

Não há fórmula mágica para evitar a angústia ou a violência que podem surgir com o sofrimento psíquico intenso. Alguns pesquisadores, porém, acreditam que uma recente estratégia pode ajudar a amenizar o problema. Um programa chamado Primeiros Socorros em Saúde Mental (MHFA, na sigla em inglês) treina cidadãos comuns para reconhecer os primeiros sintomas de distúrbios emocionais ou os sinais de uma crise para encaminhar a pessoa com dificuldade à assistência adequada. De acordo com o projeto, uma intervenção eficaz dos próprios cidadãos não exige compaixão ou bom ânimo, mas sim um conjunto de competências que enfatizam a capacidade de ouvir ativamente, garantir segurança e informação útil e avaliar quando alguém se tornou perigosamente instável.

A proposta não é substituir o trabalho de profissionais, mas facilitar o encaminhamento a serviços especializados. O MHFA oferece um método simples e rápido para identificar sinais de distúrbios psíquicos e ajudar a pessoa em sofrimento.

Leia o texto completo “Primeiros socorros em saúde mental”, da edição de julho de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/1epW4DO