Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

“Sapatada” em George Bush inspira estudo sobre reflexo

agosto de 2009
© REUTERS TV/REUTERS/LATINSTOCK
George W. Bush surpreendeu o mundo com sua agilidade física e mental ao se desviar dos sapatos arremessados contra ele por um jornalista iraquiano em dezembro de 2008. Agora, no entanto, é ele que deve ter se surpreendido ao saber que o episódio inspirou neurocientistas e resultou em descobertas sobre o sistema visual. Pesquisadores da Universidade de Washington ficaram intrigados com o fato de o primeiro-ministro do Iraque, que estava bem ao lado de Bush, não ter movido sequer um músculo para se desviar dos petardos que, afinal, também poderiam ser direcionados a ele. Reproduzindo a cena em experimentos de laboratório, os autores descobriram que o cérebro tem duas vias independentes de processamento visual. “Quando atiramos duas bolas com trajetórias similares, elas parecem idênticas a princípio, mas o cérebro calcula rápida e automaticamente qual delas é ameaçadora e deflagra movimentos antes que você perceba o que está ocorrendo”, explicam. Assim, os sapatos disparados ativaram, em Bush, a via que sinaliza “perigo” e no primeiro-ministro, a que se traduz em “esse problema não é comigo”. O estudo foi publicado na revista Current Biology.