Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

A adolescência reinventada

novembro de 2008
DIVULGAÇÃO
A invenção da adolescência no discurso psicopedagógico. Maria Rita de Assis César. Unesp, 2008. 168 págs. R$ 32,00.
A imagem típica do adolescente problemático e rebelde merece um novo olhar. É o que nos diz Maria Rita de Assis César, doutora em pedagogia e autora do livro A invenção da adolescência no discurso psicopedagógico. Ela utiliza dados históricos para mostrar as transformações que influenciaram a visão da sociedade sobre a juventude: o delinqüente juvenil do início do século XX, o rebelde sem causa dos anos 50 e o ativista político dos anos 60 e 70. A sua reflexão é de que outras mudanças ocorreram em conseqüência da fragilidade das instituições, sobretudo da escola e da família, acrescida da participação do adolescente em papéis anteriormente limitados ao universo adulto. E o resultado foi uma aproximação cada vez maior dos comportamentos de jovens e adultos, sendo que os últimos estariam “contaminados”, segundo a autora, pelos traços de instabilidade dos primeiros. Para ela, agora são os adolescentes que pautam o ideal de felicidade dos adultos, determinando o surgimento de figuras sociais inteiramente novas, como a “filhocracia” e a “adultecência”.