Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

A arte de distrair

Quando um ilusionista realiza um truque de mágica, é comum que a plateia se concentre em suas mãos

 

maio de 2015
Susana Martinez-Conde e Stephen L. Macknik
SHUTTERSTOCK

Mágicos são especialistas em ilusões ancoradas nos processos cerebrais de atenção. Afinal, muitos truques dependem da capacidade de direcionar a concentração da plateia para um foco específico, distraindo-a do truque. Mas o que tende a atrair mais o espectador: as mãos ou os olhos do ilusionista? Para investigar a questão, decidimos mostrar a um grupo de voluntários truques em vídeo do famoso mágico de Las Vegas Mac King. Seu olhar não afetou fortemente o comportamento dos observadores, embora possa ter influenciado outras ações. Em vez disso, em geral, os espectadores dirigiam a atenção para as mãos dele. O que não é nada muito surpreendente do ponto de vista neurofisiológico: o sistema visual contém alguns neurônios que respondem preferencialmente a elas; seus movimentos podem ser uma parte importante da comunicação social.

Leia o texto completo: "O jogo dos sete erros" da edição de maio de 2015 de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmentohttp://bit.ly/1DKrwmD

 

 

Leia mais

Exercícios mentais contribuem para manter o foco
Com apenas alguns minutos de treino por dia é possível aumentar a concentração e melhorar a qualidade de vida

Truques revelados pelas neurociências
Artigo escrito por cientistas e ilusionistas explica números apresentados pelos mágicos