Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

A castidade impossível, a luxúria maldita

Na série Sete Prazeres Capitais do Café Filosófico, Luis Filipe Pondé debate a delícia e a destruição instrínsecas à lúxuria

outubro de 2014
No mundo moderno, a repressão da sexualidade passou a ser considerada como causadora de sofrimento. No episódio sobre luxúria da série Sete Prazeres Capitais, do Café Filosófico, o filósofo Luis Felipe Pondé questiona se o discurso da liberação sexual não seria uma forma sofisticada de repressão. Ele diferencia luxúria e sexo, usando cenas do filme britânico Shame, do diretor Steve McQueen, no qual um personagem luta contra uma adicção sexual: desarticulando o cotidiano, a luxúria transforma a prática em compulsão e esvazia o resto das coisas de valor.

Confira a palestra completa:


No domingo, às 22h, na TV Cultura, Leandro Karnal encerra a série com O pecado envergonhado: a inveja e a tristeza sobre a felicidade alheia. A palestra você confere no site da Mente e Cérebro, na próxima semana.


Veja também as demais apresentações: Os velhos e os novos pecados, com o historiador Leandro Karnal, A preguiça e a melancolia, com o filósofo Oswaldo Giacoia Jr., Quando muito é pouco: a avareza, com José Alves Freitas Neto, Da ira à esperança, com Carlos Alberto Contieri e A gula: entre vícios e virtudes, com Luís Estevam.

Leia mais

Ninfomaníaca: a compulsão para fugir da angústia
Filme demonstra como tentativas de autoproteção para abrandar sentimentos de desamparo podem se transformar em sintomas

O que os ratos nos ensinam sobre amor e sexo
Camundongos podem ajudar a entender alguns dos mistérios das relações afetivas