Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

A importância do término do processo de análise

Livro trata do fim dos encontros entre analista e analisando e das demandas diversas do pós-término

julho de 2014
Divulgação
A análise, quando encarada como processo e não como situação, é interminável. Em determinado momento, porém, os encontros de analista e analisando chegam a um fim e espera-se que o analisando siga seu caminho sozinho. No término da análise, é necessário que o paciente elabore o luto pelo fim dos encontros e a “perda do analista”.

No livro Pós-análise, parte da coleção Clínica Psicanalítica, Yeda Alcide Saigh reconhece que esse momento é tão único para cada paciente quanto o próprio processo analítico, mas divide as demandas do pós-término em dois grupos: o dos ex-analisandos que não alcançaram uma análise bem-sucedida e manifestam o desejo de retomá-­la e o daqueles que, com o término satisfatoriamente elaborado, demonstram interesse em buscar o contato com o psicanalista através de “conversas pós-analíticas”. Através de casos clínicos e de uma compilação da literatura psicanalítica sobre o pós-término, a autora aborda as particularidades desse momento tão específico, que também faz parte do tratamento.

Pós-análise. Yeda Alcide Saigh. Casa do Psicólogo, 2013. 384 págs. R$ 63,00.

Leia mais

Livro aborda a relação de Freud com a cocaína
Obra discute a produção científica do pai da psicanálise sobre a droga e traça histórico de psicoativos por pesquisadores e artista

Filho de Freud protagoniza série em quadrinhos
Ilustrador Pacha Urbano retrata cotidiano imaginário da família do criador da psicanálise