Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Adaptação de texto de Nelson Rodrigues estreia em teatro no Rio

Na peça, uma adolescente tenta reconstruir suas memórias e se perde entre lucidez e delírio

fevereiro de 2017
FELIPE LUZ/DIVULGAÇÃO

Rose Lima vive adolescente em delírio

Uma adolescente tenta reconstruir suas memórias e contar ao público como foi assassinada pelas costas por uma pessoa que não viu, mas que insistia que ela tocasse ao piano uma composição de Chopin. A dúvida entre realidade e delírio no discurso da protagonista vivida pela atriz Rose Lima marca o monólogo Valsa no 6, uma adaptação do texto de Nelson Rodrigues, escrito nos anos 50. 

A personagem, que tem curiosamente o mesmo nome da filha do autor, Sônia, tem 15 anos e vive um conturbado momento de transição para a vida adulta, perturbada por lembranças dolorosas da infância e pelas demandas sociais da época, como a pressão pelo casamento. A atriz contou com a consultoria da psicanalista Evelyn Disitzer para a preparação da personagem. 

Valsa nº 6. 
Teatro Municipal Ziembinski. Rua Heitor Beltrão, s/n, Tijuca, Rio de Janeiro.
Sábados e domingos, às 20h. Informações: (21) 3234-2003.
R$ 40. De 4 a 19 de fevereiro.

Para mais sugestões como esta adquira a edição de fevereiro de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento.

Leia mais:

De Freud a Nelson Rodrigues
Conhecido como "pornográfico"e "imoral", Rodrigues e outros escritores têm sua obra relacionada às teorias psicanalíticas de Sigmund Freud e Jacques Lacan em Malditos, obscenos e trágicos