Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Ajude a treinar um cão-guia

ONG no Rio de Janeiro lança projeto para adestrar cachorros e doar para deficientes visuais

agosto de 2012
© GTEAM/SHUTTERSTOCK
No Brasil, há mais de meio milhão de pessoas totalmente cegas. Porém pouco mais de 70 delas podem contar com a ajuda de um cão-guia, animal adestrado para conduzir o deficiente em espaços públicos. Ele identifica obstáculos que dificilmente são percebidos com uma bengala, como galhos de árvores e orelhões, o que garante mais segurança e independência para o deficiente visual.

O treinamento exige adestradores especializados, demora cerca de dois anos e custa em média R$ 25 mil. Para a maioria das pessoas há apenas uma alternativa: entrar na fila de espera de organizações não governamentais (ONGs) e aguardar a doação de animal. No Rio de Janeiro, a ONG Cão-Guia Brasil lançou um projeto de financiamento colaborativo para captar recursos para treinar os cães. Por meio de fotografias e relatos dos organizadores, o colaborador pode acompanhar o processo de seleção do bichinho, o treinamento e a doação para o deficiente visual. É importante ressaltar que a ONG observa periodicamente o tratamento que ele recebe do novo dono. Se não é adequado, ele é recolhido de volta. Para doar e conhecer mais sobre o projeto, basta acessar: www.caoguiabrasil.org.