Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Alteração de consciência com receita médica

Drogas psicodélicas podem ser aliadas da assistência em saúde mental

outubro de 2014
Jumpingsack/Shutterstock
Quase imediatamente após Albert Hofmann descobrir as propriedades alucinógenas do ácido lisérgico, o LSD, na década de 40, a pesquisa sobre drogas psicodélicas decolou. Essas substâncias que alteram a consciência se mostram, sob determinadas condições, promissoras no tratamento de ansiedade, depressão, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), transtorno obsessivo-­compulsivo (TOC) e dependência química, mas o conservadorismo crescente dos Estados Unidos – onde as pesquisas são mais avançadas – enfraqueceu os estudos nessa área.

Ultimamente, porém, elas têm novamente chamado a atenção de cientistas de vários centros de pesquisa, sendo reconhecidas como potenciais agentes terapêuticos. Há alguns meses, pesquisadores suíços publicaram os resultados do primeiro teste com drogas envolvendo o LSD dos últimos 40 anos. Veja o quadro:


DrogaUso recreativoTratamento experimentalMecanismo de açãoEstimativa clínica
MDMA
(ecstasy)
Induz sensações de euforia e não raro de sinestesia. Também desperta sentimentos de intimidade e conexão com os outrosAnsiedade,
TEPT
Provoca a liberação de vários neurotransmissores no cérebro, que estimulam a ativação da oxitocina, o que pode diminuir o medo e aumentar a autoconfiança. Os efeitos podem ajudar pessoas com TEPT a lidar com emoções dolorosasPesquisadores estudam seus efeitos sobre veteranos de guerra, bombeiros e policiais resistentes ao tratamento para TEPT. Um experimento anterior sugere que a droga é mais eficaz do que a psicoterapia em aproximadamente 80% dos casos
Ketamina
(special k)
Anestésico e analgésico que também pode deixar em estado de transe por até três horas. Doses mais altas induzem alucinaçõesDepressãoUma única dose pode aliviar sintomas de depressão durante dias após a injeção, reforçando conexões entre o córtex pré-­frontal e o hipocampo, áreas do cérebro importantes para a memória e aprendizagemEnsaios clínicos de 2013 e 2014 mostram que a droga aliviou sintomas de depressão persistente em 30 de 45 pacientes. A ketamina é um agente de classe III (menos restrito), por isso, pode entrar na prática clínica mais rapidamente
A psilocibina
(cogumelos mágicos)
Deflagra sentimentos de transcendência e espiritualidade, assim como alucinações visuais e distorções na percepção do tempoTOC, TEPT,
ansiedade
A substância se liga a alguns receptores de serotonina no córtex, ativando um processo que diminui a atividade cerebral nessa região, o que por sua vez pode amenizar a ansiedade e alguns sintomas do TOCNo maior estudo psicodélico
em mais de 40 anos, cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Nova York analisam se a droga pode ajudar a reduzir ansiedade e depressão em pacientes com câncer
LSD
(ácido liségico)
Causa intensas alucinações visuais (que podem incluir luzes, cores vibrantes e padrões geométricos), alterações no sentido de tempo, além de percepções incomunsAlcoolismo,
ansiedade
Uma análise feita em 2012 de estudos de 1960 e 1970 aponta que dependentes de álcool que consumiram a droga demonstraram diminuição no abuso da bebida (os efeitos permaneceram por meses). Exames de neuroimagens mostram que o LSD se liga a certos receptores de serotonina, ativando principalmente o lobo frontal e o córtex cingulado anterior e insular, áreas do cérebro ligadas à consciência e emoçãoO primeiro estudo de terapia assistida com LSD em 40 anos aponta que pacientes com câncer que tomaram a droga apresentaram melhora de aproximadamente 20% em relação à ansiedade, enquanto que aqueles que tomaram placebo pioraram. O experimento destaca a necessidade de mais pesquisas
Leia mais

Uma única dose de LSD ajuda a diminuir consumo de álcool
As diferentes percepções provocadas pelo alucinógeno contribuem para ver problemas de outras perspectivas

Livro aborda a relação de Freud com a cocaína
Obra discute a produção científica do pai da psicanálise sobre a droga e traça histórico de psicoativos por pesquisadores e artistas

Sob o efeito de alucinógenos
Pesquisadores acreditam que as semelhanças entre os sintomas relatados por usuários de LSD e por pessoas com psicose aguda apontam para algo em comum: a serotonina