Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Artista desenha personalidades com dislexia

Projeto "A dislexia não os deteve" luta contra o preconceito sofrido pelos portadores do transtorno

setembro de 2013
Grey Malaysia/Vince Low
"A dislexia não conseguiu reprimir Picasso", afirma mensagem no retrato do pintor catalão
Transtorno de aprendizagem marcado pela dificuldade de ler e escrever, a dislexia é geralmente identificada durante o processo de alfabetização, mas ainda é comum que muitas crianças passem por problemas na escola antes de serem corretamente diagnosticadas. Não raro ela se percebe mais “lenta” que os colegas, o que abala sua autoestima e fortalece crenças negativas sobre a própria capacidade de aprender.

Diagnosticado com dislexia, o artista malaio Vince Low teve dificuldades na escola, mas encontrou na arte uma forma de, literalmente, organizar informações caóticas – usando linhas aleatórias que lembram rabiscos, ele é capaz de desenhar rostos com realismo. Para questionar estigmas em torno do transtorno – como o de que problemas de aprendizagem são definitivos para o sucesso na vida adulta – ele criou a série A dislexia não os deteve (Dislexia didn’t stop them): usando a técnica das linhas, desenhou as faces de personalidades que tiveram o distúrbio e escreveu uma mensagem de incentivo em cada retrato. Produzidos para uma campanha contra o preconceito da Associação de Dislexia da Malásia, os retratos (e também outras obras do artista) podem ser vistos no site de Low: www.behance.net/VinceLow

Leia mais:

Arte e dores psíquicas

Software brasileiro melhora percepção auditiva em crianças com dislexia