Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Gagueira pode ser hereditária

Estudo sugere que o transtorno pode resultar de uma pequena falha no processo neurológico contínuo

abril de 2010
© niels laan/istockphoto
Os primeiros genes relacionados à gagueira, também conhecida como disfemia, foram descobertos por cientistas do Instituto Nacional de Surdez e Outros Distúrbios de Comunicação(NIDCD), nos Estados Unidos. Foram detectadas três mutações que podem explicar pelo menos 9% dos casos de gagueira. Caracterizado por uma perturbação da fala com repetição espasmódica das sílabas e paradas involuntárias no início das palavras, o problema afeta cerca de 1% da população mundial, sendo recorrente entre membros da mesma família.

O estudo publicado no New England Journal of Medicine sugere que o transtorno pode resultar de uma pequena falha no processo neurológico contínuo e que isso acontece quando alguns componentes celulares em regiões específicas do cérebro são rompidos e reciclados.