Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Bebês mais saudáveis debaixo d’água

Estimulação motora evita o desaparecimento do reflexo de nadar e pode melhorar o sono e o apetite

abril de 2008
© SILVIA BOGDANSKI /SHUTTERSTOCK
EXERCÍCIOS INCLUEM controle da respiração, da postura e mergulhos
Todo bebê nasce sabendo nadar e mergulhar. A sobrevivência na água se deve a um reflexo adquirido ainda no útero materno, que, no entanto, desaparece misteriosamente após os 4 meses de idade e retorna quando a criança está perto de completar 1 ano. Até hoje ninguém conseguiu explicar essa lacuna do desenvolvimento. Uma parte dos pesquisadores acredita que algum processo relacionado à maturação do sistema nervoso – algo que não poderia ser revertido por meio da estimulação motora – explique o fenômeno. Outros especialistas argumentam que a perda temporária do reflexo de nadar se deve apenas à falta de oportunidade do bebê de treinar seus movimentos na água. Uma tese de doutorado defendida na Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (USP) lançou nova luz sobre a polêmica.

O educador físico Ernani Xavier Filho, professor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), trabalhou com duas turmas de bebês saudáveis, cada uma com oito indivíduos entre 10 e 12 semanas de vida. No grupo experimental, as crianças foram estimuladas com uma série de movimentos na água, duas vezes por semana durante seis meses. Os exercícios incluíram controle da respiração e da postura, mergulho, braçadas e pernadas alternadas. No grupo de controle, os bebês freqüentaram a piscina a cada 15 dias, sem o treino de movimentos específicos.

A filmagem das sessões revelou que as crianças estimuladas mantiveram as competências motoras treinadas após os 4 meses, ao contrário do grupo de controle, que só readquiriu o reflexo de nadar depois de 1 ano de idade. Além disso, os pais dos bebês do grupo experimental perceberam que o exercício aquático melhorou o apetite e o sono dos pequenos. Segundo o autor, não há contra-indicação dessa atividade para bebês saudáveis, e os próprios pais podem acompanhar os exercícios com os filhos na água, orientados por um profissional.