Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Botox diminui enxaqueca

Pesquisadores descobrem novo campo de aplicação para substância utilizada em cirurgias plásticas

julho de 2010
© Piotr Marcinski/Shutterstock
Cientistas do Hospital Universitário de Essen, na Alemanha, descobriram um novo campo de aplicação para a toxina botulínica. Segundo eles, o botox, como é conhecida a substância utilizada em cirurgias plásticas, reduz a quantidade de ataques de dores de cabeça em pessoas que sofrem de enxaqueca crônica. Em um estudo realizado com 1.400 pacientes que sofriam com o problema, o preparado foi injetado na nuca e nos músculos faciais. O neurologista Hans-Christoph Diener, responsável pelo estudo, comparou o efeito da toxina com o de um preparado inócuo aplicado no grupo-controle. Os resultados mostram que o placebo reduziu a quantidade de ataques de enxaqueca no decorrer do tratamento de quatro semanas – apenas a crença em uma possível cura, portanto, já atenuou as dores dos pacientes. No entanto, o botox teve um efeito claramente melhor. No decorrer de seis meses, os pacientes ficaram nove dias a mais, por mês, sem dores. Há algum tempo, o botox vem se destacando como importante aliado no tratamento de outras doenças, como na diminuição de espasmos e posturas incorretas em determinados distúrbios de movimento. Mais testes estão sendo realizados para demonstrar o quão eficaz a substância pode ser no tratamento de enxaqueca.