Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Brasil cria tratamento para tumor cerebral infantil

Método desenvolvido em São Paulo é menos invasivo que procedimentos convencionais

outubro de 2008
©CHENG EN LIM/123RF
Pesquisadores do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graacc), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) desenvolveram um tratamento inovador para craniofaringioma – tipo de tumor cerebral que acomete crianças. O novo método consiste na introdução de um cateter que drena o líquido formado dentro do tumor e libera o medicamento interferon-alfa, que mata as células tumorais. “Verificamos uma redução de 60% a 97% dos tumores tratados com essa técnica”, afirma o médico Sérgio Cavelheiro, do Graacc.

O craniofaringioma é raro e tem características benignas (não gera metástase), mas seu tratamento sempre foi considerado um desafio para neurocirurgiões e oncopediatras. Sua localização dificulta o procedimento cirúrgico e geralmente afeta a glândula hipófise, de onde são secretados vários hormônios, o que resulta em alta taxa de mortalidade. A técnica desenvolvida no Graacc, bem menos invasiva que os procedimentos convencionais, já está sendo adotada em outros países, como Inglaterra, Canadá e Itália.