Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Causa da hipertensão pode estar no cérebro

Segundo cientistas, essa estranha hipótese parece ter recebido uma primeira e parcial confirmação pela pesquisa que mostrou uma proteína presente nas paredes dos vasos cerebrais que teria um papel central no aparecimento desse mal

abril de 2007
Lauren Abrams/123RF
Uma das causas da hipertensão arterial poderia estar no cérebro, segundo cientistas da Universidade de Bristol. Essa estranha hipótese parece ter recebido uma primeira e parcial confirmação por um estudo coordenado por Julian Paton e publicado na revista Hipertension.

A pesquisa mostrou que a proteína JAM-1 (junctional adhesion molecule-1), presente nas paredes dos vasos cerebrais, teria um papel central no aparecimento desse mal que afeta cada vez mais pessoas. A molécula seria capaz de aprisionar linfócitos, o que por sua vez desencadearia uma reação inflamatória. Isso levaria a uma obstrução dos vasos sangüíneos do cérebro e, logo, ao aumento da pressão arterial.

“Estamos examinando a possibilidade de tratar os pacientes que não respondem à terapia com anti-hipertensivos tradicionais com drogas que reduzam a inflamação vascular, de modo a aumentar o fluxo de sangue cerebral”, explica Paton.

“Trata-se agora de investigar melhor os mecanismos específicos dessa inflamação, para entender quais fármacos utilizar e como direcioná-los para seus alvos.” Segundo o cientista, a proteína JAM-1 deve fornecer informações úteis sobre como combater a doença.