Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Ciências da mente na rede

março de 2007
Portal Domínio Público do Ministério de Educação do Brasil
Clássicos da psicologia, medicina e psicanálise, artigos de educação, neurociências e filosofia podem ser encontrados gratuitamente nas bibliotecas virtuais com acervos cada vez mais diversificados. Os e-books estão disponíveis em vários idiomas (predominantemente inglês, mas também português). Grandes empresas como o Google, e agora a Microsoft, vêm apostando nessa seara.

A pesquisa de livros do Google(www.google.com.br/books), disponível no Brasil desde o segundo semestre de 2006, aposta na parceria com bibliotecas e editoras para a composição de seu acervo. A idéia é oferecer acesso integral ou parcial do conteúdo e informações sobre a obra, como e onde adquiri-la ou tomá-la por empréstimo. O objetivo do projeto é digitalizar o maior número possível de títulos por meio de parcerias com importantes editoras e acervos (inclusive brasileiros). Entre as bibliotecas parceiras estão as das universidades de Michigan, Harvard, Stanford, de Oxford, do Texas, além da Biblioteca Pública de Nova York.

No caso da Microsoft, o Live Search Books (www.publisher.live.com), sistema de busca de livros recém-lançado nos Estados Unidos e ainda não existente em português, pretende lançar na rede exemplares sem direitos autorais, provenientes, entre outras, da Biblioteca Britânica e das conceituadas universidades de Toronto e da Califórnia.

Além dos sistemas de busca, estudantes e pesquisadores nas áreas de psicologia e neurociências contam também com material on-line. Na área de história da psicologia, há o Classics in the History of Psychology, organizado por Christopher D. Green, professor da Universidade de York, em Toronto, onde se encontram documentos temáticos, como os que tratam da origem e dos debates em torno do funcionalismo e do estruturalismo. Literatura mundial e obras clássicas da filosofia, biologia e psicologia podem ser encontradas no pioneiro Projeto Gutenberg, com mais de 17 mil títulos. Entre elas, Três ensaios sobre a teoria da sexualidade, de Freud, traduzido pelo psiquiatra americano Abraham Arden Brill (1874-1948). Outro site que merece destaque é o Portal Domínio Público, do Ministério de Educação do Brasil, que além de obras clássicas e raras nacionais e estrangeiras (livros, obras de arte e música), terá esse ano a inclusão de teses e monografias. Atualmente, tem cerca de 245 obras nas áreas de psicologia, neurociências e filosofia.