Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Cinco aplicativos inovadores para cegos

Descubra como a tecnologia pode melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência visual

abril de 2016
CAPTURA DE TELA

A tecnologia pode ajudar a melhorar a qualidade de pessoas com deficiência. Selecionamos cinco aplicativos para Android e iPhone para pessoas com problemas de visão ou cegas, a maioria deles gratuita.

1. BlindTool 
Criado pelo cientista da computação Joseph Cohen, pesquisador da Universidade de Massachusetts, o aplicativo reconhece objetos. Funciona da seguinte maneira: o usuário deve apontar o celular para seu entorno até senti-lo vibrar. Isso significa que o aplicativo detectou um objeto reconhecível e pode verbalizar qual é. Essa leitura de objetos tridimensionais é feita por uma rede neural artificial capaz de relacionar o que está diante da câmera do aparelho com imagens armazenadas em um banco de dados, buscando semelhanças. O sistema, claro, está sujeito a erros, mas é programado para descrever o objeto apenas se há possibilidade de ao menos 30% de acerto. O BilndTool é gratuito e está disponível para sistema Android no Google Play.

2. Be my eyes 
Esse aplicativo é especialmente interessante, pois permite que pessoas que enxergam ajudem cegos a resolver problemas pontuais, como ler uma etiqueta, um rótulo, uma conta etc. Ao se cadastrar no sistema, o usuário pode atuar como voluntário ou como alguém que precisa de auxílio. Este envia imagens em vídeo do que precisa ver; a outra pessoa responde por escrito e o aplicativo verbaliza. Be my eyes pode ser baixado gratuitamente para iPhone no iTunes.

3. Color ID 
Disponível para iPhone e Android, é capaz de reconhecer os mais variados tons de cores e verbalizar (em inglês) para o usuário. Pode ajudar pessoas com baixa visão a descobrir, por exemplo, a cor da roupa que pretende usar ou se uma fruta ainda não está madura. Gratuito.

4. IBrailler Notes
Permite digitar anotações na tela do iPad ou iPhone e compartilhá-las diretamente em braile. Basta posicionar os dedos sobre a tela que teclas dinâmicas aparecem, melhorando o conforto do usuário. A versão mais recente para iPhone custa US$ 19,99 no iTunes.

5. Ariadne GPS
O GPS especialmente desenvolvido para cegos ajuda a saber onde ele está e a seguir rotas. O usuário passa o dedo sobre o mapa e o aplicativo verbaliza onde ele está e oferece as coordenadas para chegar ao destino. O celular vibra caso seja preciso atravessar um cruzamento e também sinaliza as paradas em ônibus em movimento. Disponível em vários idiomas para IPhone, por US$ 5,99.

Esta matéria foi publicada originalmente na edição de abril de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/1WusOOZ

Leia mais:

Retratos cegos
Como um cego reage à ideia de saber-se fotografado? Essa e outras reflexões motivaram o projeto do fotógrafo francês Georges Pacheco

Braile ativa áreas da visão no cérebro de cegos
Essas regiões são acionadas pelo formato das inscrições