Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Como o corpo reage ao estresse

Uma série de reações complexas é desencadeada no organismo humano

abril de 2015
O corpo reage ao estresse agudo com um complicado mecanismo de adaptação. Os sinais do hipotálamo chegam às glândulas adrenais através de fibras nervosas simpáticas. Estas últimas, então, liberam adrenalina e noradrenalina (eixo simpático, à esquerda). Os hormônios do estresse elevam a frequência cardíaca e a pressão sanguínea e ativam o sistema imunológico. Logo depois, o eixo HPA é ativado (direita). O hipotálamo libera o hormônio liberador de corticotrofina (CRH), fazendo com que a hipófise produza o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH). Através da circulação sanguínea, ele chega às glândulas adrenais, onde é produzido o cortisol, que volta a normalizar a resposta imune intensificada ao longo do tempo.

 

                                        info_defesa.jpg

 


Leia o texto completo: "No limite do estresse", capa da edição de abril de 2015 de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/1FHaxa8


Leia mais:

Quando o estresse penetra na pele
Sobrecarga psíquica constante pode gerar e agravar doenças e inflamações cutâneas

Estresse prolongado causa envelhecimento
Esgotamento mental acelera processo de diminuição dos telômeros