Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Complicações no luto que exigem intervenção terapêutica são tema de livro

A obra trata de abordagens para diferentes tipos de perda, incluindo os menos convencionais, como o luto antecipatório

agosto de 2014
Divulgação
O luto é um processo complexo e inevitável, que exige reorganização interna e, muitas vezes, alterações da dinâmica familiar. Há, porém, fatores de risco que podem dificultar a elaboração dessa dor, levando a complicações patológicas, o que por vezes exige intervenção profissional.

O livro Atendimento psicoterapêutico no luto trata de abordagens terapêuticas para diferentes tipos de perda e analisa, por exemplo, situações específicas como o luto materno e o da criança. A obra dedica-se também aos tipos menos convencionais de luto, como o antecipatório, que ocorre em casos de doenças terminais, e o do divórcio. Casos clínicos ilustram as possibilidades e limitações das intervenções psicoterapêuticas.

Saiba mais sobre o assunto na matéria Luto proibido, da Mente e Cérebro n. 216.

Atendimento psicoterapêutico no luto. Maria Helena Pereira Franco e Karina Kunieda Polido. Zagodoni, 2014. 96 págs. R$ 31,00.

Leia mais

Um adeus para Elvis
Reconhecer a raiva e a frustração da perda facilita a elaboração e ajuda a seguir em frente

Escrita para curar
Em alguns casos, escrever de forma orientada sobre experiências traumáticas pode ajudar pessoas a refletir sobre si e a superar a dor da perda