Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Piadas maldosas não melhoram o humor

Pessoas com observações mais amáveis têm emoções mais positivas

agosto de 2012
© Complot/Shutterstock
Uma observação simpática é muito mais eficaz que o sarcasmo para melhorar o ânimo, constataram pesquisadores da Universidade Stanford que testaram o senso de humor de mais de 70 suíços e americanos. Os psicólogos Andrea Samson e James Gross pediram aos voluntários que fizessem piadas sobre fotografias de conteúdo muito pouco agradável: acidentes de carro, cenas de guerra e animais peçonhentos. Parte das pessoas foi orientada a usar humor positivo, isto é, brincar com os paradoxos da vida ou da condição humana; as outras, porém, estavam livres para tecer comentários maldosos. 

Andrea e Gross deram exemplos de respostas para conduzir os voluntários: uma foto de uma cobra atacando um bezerro podia inspirar reflexões simpáticas, como “Parece que alguém tem o olho maior que a barriga”, ou maliciosas, como “Minha bolsa nova está se alimentando”. Depois da série de piadas, os psicólogos conversaram com os participantes e analisaram seu estado de humor. Segundo relataram no Cognition & Emotion, os donos das observações mais amáveis apresentaram, em média, emoções mais positivas. Logo, sugerem os psicólogos, lançar mão do humor negro pode até soar engraçado, mas o efeito disso sobre o autor do comentário não parece ser tão benéfico.