Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Desafios no tratamento do estresse pós-traumático são tema de livro

Com lançamento em São Paulo, a obra traz peculiaridades do transtorno e casos clínicos

setembro de 2014
Shutterstock
Com o aumento da violência urbana, passaram a ser mais discutidas as consequências de acidentes, sequestros e abusos sexuais para o psiquismo das vítimas. O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), doença que começou a ser investigada em soldados que voltavam de diferentes situações de guerra com alterações de memória e outros transtornos, ganhou destaque para além do contexto bélico.

Ainda que não exista uma cura definitiva para o TEPT – gatilhos imprevisíveis podem trazer o trauma à tona -, é possível recuperar uma vida funcional através da psicoterapia e, em alguns casos, de medicação e acompanhamento psiquiátrico.

No livro Tratamento cognitivo-comportamental do estresse traumático, as psicólogas Maria Emilia M. de Camargo e Marisa Fontes abordam os desafios desse tipo de tratamento, no qual o terapeuta é inserido no doloroso mundo do trauma, que pouco a pouco vai ganhando novos significados à medida que o paciente progride. O lançamento da obra acontece em São Paulo, no dia 5 de setembro, sexta-feira, na Livraria da Vila.

Lançamento - Tratamento cognitivo-comportalmental do estresse traumático. Livraria da Vila. Rua Fradique Coutinho, 915, Vila Madalena, São Paulo. 5 de agosto, das 18h30 às 21h30. Mais informações: (11) 3814-5811.

Leia mais

Conflitos em Gaza deixam sequelas psicológicas graves em jovens palestinos
Maioria dos adolescentes expostos a bombardeios desenvolve sintomas persistentes de transtornos de ansiedade, como TEPT

Traumas deletados
Cérebro humano pode ser treinado para suprimir memórias indesejadas, o que teria implicações importantes para o tratamento de problemas como depressão ou stress pós-traumático