Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Dicas sutis aumentam a graça da piada

O cérebro reage com mais prazer ao humor quando algumas pistas facilitam o processamento da informação

maio de 2014
Complot/Shutterstock
Dar pistas sobre o final de uma piada tira toda a graça? Nem sempre – se a sugestão for sutil, a história poderá até soar mais engraçada, segundo um estudo publicado na Cognition and Emotion. Dicas sobre o desfecho ajudam o cérebro a processar o humor com menos esforço. E assim reage a ele com mais prazer.

O autor do artigo, o psicólogo Sascha Topolinski, da Universidade de Colônia, na Alemanha, usa um conceito da psicologia cognitiva para explicar o que ocorre – a fluência de processamento: informações absorvidas mais facilmente parecem mais verdadeiras e interessantes. Topolinski apresentou 30 piadas a voluntários, mas, alguns minutos antes, pediu que lessem uma lista com 15 palavras – que se referiam, na verdade, ao final de metade das anedotas. De acordo com o pesquisador, as narrativas que receberam a dica-palavra foram consideradas mais engraçadas. As sugestões não foram suficientes para que os voluntários pudessem adivinhar o clímax da piada. Ou seja, apenas facilitaram o processamento do humor em nível não consciente.

“A compreensão rápida e fácil de algo é prazerosa, vê-se pela experiência do insight. É como se o cérebro ficasse confuso e, logo em seguida, se aliviasse”, diz o psicólogo. Quanto mais fluido o processamento, mais engraçada soa a piada.“A resposta que surge de repente na mente parece mais divertida”, explica Topolinski, citando estudos anteriores que mostram que piadas escritas em fonte fácil de ler também tendem a ser consideradas melhores. Trabalhos anteriores já mostraram que pistas sobre o final de uma história não são de todo desanimadoras – um artigo publicado em 2011 no Psychological Science sugere que ler resenhas ou sinopses que contam o desfecho de livros não tira o prazer da leitura, pelo contrário: tornam as narrativas mais interessantes, até mesmo as que envolvem mistério.

Leia mais

Piadas maldosas não melhoram o humor

Pessoas com observações mais amáveis têm emoções mais positivas

O lado bom de ver televisão

Apreciar o humor requer esforço cognitivo: antes de gargalhar é preciso entender a piada