Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Drogas psicodélicas desligam mecanismos neurais de autocontrole

Substância encontrada em cogumelos usados para fabricar chás alucinógenos inibe mecanismos cognitivos

 

julho de 2012
© ANDREA DANTI/SHUTTERSTOCK
Há muito cientistas suspeitam que as alterações sensoriais e as mudanças de humor induzidas por drogas psicodélicas seriam causadas pela aceleração da atividade de várias áreas cerebrais. Mas um estudo do Imperial College de Londres contradiz essa hipótese. Neurocientistas usaram a técnica de ressonância magnética funcional para observar imagens do cérebro de 30 participantes que experimentaram uma “viagem” desencadeada pela administração intravenosa de psilocibina, substância encontrada em cogumelos usados para fabricar chás alucinógenos.

Conforme os pesquisadores relataram no Proceedings of the National Academy of Sciences, houve quedas de sinais neurais em centros de controle, como o tálamo, o córtex cingulado anterior e posterior e o córtex pré frontal médio. A intensidade das experiências psicodélicas relatadas pelos voluntários foi proporcional à baixa ativação dessas regiões. Segundo os cientistas, os psicodélicos “desligam” temporariamente mecanismos que inibem a cognição, inclusive alguns identificados como hiperativos em pessoas com depressão.