Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Enfermeiros com uniformes coloridos aumentam bem-estar de crianças internadas

abril de 2009
© Jaimie D. Travis/iStockphoto
Em vez do tradicional branco usado pelos profissionais de saúde, roupas coloridas alteram a percepção de conforto das crianças internadas e de confiança dos pais, indica estudo feito no Hospital Pediátrico Meyer de Florença, na Itália. Pesquisadores da Universidade de Florença analisaram o efeito de uniformes multicoloridos, desenhados por uma grife italiana e doados ao hospital no bem-estar psicológico de um grupo de 56 pacientes pediátricos (com idades entre 6 e 16 anos), os quais foram comparados a um grupo semelhante, mas não exposto à nova vestimenta.

Segundo os autores, os resultados corroboram a idéia de que pequenas mudanças no ambiente hospitalar podem melhorar muito a percepção dos pacientes sobre o hospital e os profissionais e provavelmente diminuir stress associado à permanência no local. Publicado no Journal of Clinical Nursing, o estudo italiano não analisou especificamente o efeito da medida sobre a saúde dos pequenos pacientes, mas constatou que ela diminuiu significativamente a resistência das crianças aos profissionais, facilitando a execução de procedimentos de rotina como punções para coleta de sangue, por exemplo.

Do ponto de vista dos pais, as cores vivas dos uniformes do pessoal de enfermagem aumentaram a confiança deles na instituição. A direção do Hospital Pediátrico Meyer estuda implementar a medida em caráter permanente, enquanto os autores pretendem divulgá-la em outras instituições de cuidado pediátrico da Itália.