Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Exibição gratuita do documentário Ilegal em São Paulo

Obra conta a história de Anny Fischer e outras pessoas que dependem de canabinoides para tratar problemas de saúde no Brasil

outubro de 2014
Divulgação
No início do ano, a Anvisa reteve uma remessa de óleo de cânhamo na alfândega.  O medicamento, considerado suplemento alimentar nos Estados Unidos, era importado por Kathiele Fischer, mãe de Anny, de 5 anos, que sofre de uma forma de epilepsia grave, a síndrome CDKL5. Até 2013, a menina sofria com crises convulsivas que chegavam a ocorrer de duas em duas horas, sem que os medicamentos usuais para epilepsia tivesse efeito. Com o uso do óleo produzido a partir do caule da planta Cannabis sativa, a maconha, rico em uma substância chamada canabidiol, suas crises foram reduzidas a zero.

O documentário Ilegal, que estreou em 9 de outubro nos cinemas, acompanha a trajetória de Kathiele na luta para conseguir o remédio da filha: o desafio exigiu uma liminar judicial, acompanhada de um relatório médico sobre os progressos de Anny e um dossiê com estudos já realizados com o canabidiol, um dos 70 fitocanabinóides presentes na maconha.

O filme faz parte da campanha REPENSE, que busca incentivar o debate sobre o uso medicinal da cannabis. Dirigida pelo documentarista Raphael Erichsen e o jornalista Tarso Araújo, autor do livro Almanaque das drogas, a obra conta ainda histórias de outras famílias que também dependem de substâncias derivadas da maconha para tratar outros tipos graves de epilepsia, dor crônica e para amenizar efeitos colaterais da quimioterapia.

Ilegal será exibido gratuitamente hoje, 31 de outubro, no Auditório Ibirapuera, às 21h. Após o filme, participam de um debate sobre a legalização da maconha para uso medicinal o deputado federal Jean Wyllys , Margarete Brito, que dá depoimento no documentário, o diretor Raphael Erichsen, o poeta Sérgio Vaz e o cineasta Fernando Grostein Andrade.

Confira abaixo o curta-metragem que deu origem ao filme:


Ilegal. 90 min – Brasil. Raphael Erichsen e Tarso Araújo.

Para saber mais sobre o tema, confira também Mente e Cérebro n. 259Maconha: o que a neurociência tem a dizer. Nas bancas e na Loja Segmento.

Leia mais

As relações entre autismo, epilepsia e maconha
O desequilíbrio do sistema endocanabinoide do cérebro está envolvido na neurobiologia de várias doenças e transtornos

A diferença entre canabidiol, óleo de cânhamo e maconha inalada
As formas de administração da cannabis medicinal variam de acordo com a doença, o paciente e o efeito terapêutico buscado

A maconha prejudica o cérebro?
Estudos recentes apontam diferenças no cérebro de quem consome a erva, mas não garantem que essas alterações tenham relevância funcional