Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Estudo indica que apenas imaginar o movimento já pode aumentar força muscular

Pesquisadores de Ohio, nos Estados Unidos, observaram os efeitos do "exercício mental" em 30 voluntários

junho de 2014
Cada vez mais pesquisadores têm comprovado que a prática de atividades físicas não fortalece apenas o coração e os músculos, mas também a capacidade mental, ajuda crianças a se desenvolver melhor, é aliada no combate à depressão e torna mais lento o declínio intelectual atrelado à idade.

O que um grupo de pesquisadores da Clínica Cleveland, em Ohio, nos Estados Unidos afirma, porém, é que simplesmente imaginar o movimento já pode aumentar a força muscular. O médico Vinoth Ranganathan e seus colegas pediram a 30 adultos saudáveis que mentalizassem da forma mais intensa e detalhada possível o curvar do dedo mínimo de uma das mãos.

Após treinamento de 15 minutos diários, cinco dias por semana, durante 12 semanas, a força muscular do dedo “mentalizado” dos atletas mentais aumentou em aproximadamente 35%. Tomografias demonstraram que áreas do cérebro frontal que preparam os movimentos se tornaram mais ativas. Aparentemente, o aumento da força deveu-se a uma “linha direta” entre o cérebro e os músculos.

Saiba mais sobre os benefícios do exercício para a mente na Mente e Cérebro Especial, Cérebro em movimento, já nas bancas!

Leia mais


Vida social, hábitos culturais e atividade física para melhorar condições de vida nas cidades
Sem mudanças na rotina para combatê-los, o estresse e a solidão podem trazer sérias consequências para o corpo

Para aprender melhor
Pesquisas demonstram que exercícios físicos, estímulos visuais e redes sociais ajudam no aprendizado e no desenvolvimento das funções cognitivas