Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Exercícios de visualização podem acelerar recuperação

Utilizada após cirurgia, técnica aumenta confiança, diminui estresse e melhoran resposta ao processo inflamatório

junho de 2013
Jezper/Shutterstock
O processo de recuperação de uma cirurgia pode ser acelerado com exercícios de visualização, sugerem dois estudos. Um deles, publicado noScandinavian Journal of Medicine and Science in Sports, acompanhou o pós-operatório de pessoas que passaram por uma operação no ligamento cruzado anterior do joelho. Durante seis meses, todos os voluntários receberam os cuidados médicos necessários, mas metade deles foi instruída pelos pesquisadores a praticar a ensaiar mentalmente, com regularidade, os exercícios da fisioterapia e a visualizar o processo fisiológico de recuperação – por exemplo, o tecido fibroso se reestruturando. O resultado: os participantes que aplicaram a técnica apresentaram maior estabilidade no joelho e menores níveis de hormônios do estresse. Segundo os autores do estudo, a imaginação ajudou a os voluntários a confiarem na própria recuperação, o que auxiliou na recuperação.

No segundo experimento, divulgado em fevereiro de 2012 na Brain, Behavior and Immunity, pacientes que tiveram a vesícula biliar removida foram divididos em dois grupos e um deles fez exercícios de visualização guiada, com técnicas de relaxamento, nos três dias antes da operação e na semana seguinte. “O relaxamento ajuda a reduzir o estresse, o que influi de maneira positiva no sistema imunológico, melhorando a resposta ao processo inflamatório”, diz Elizabeth Broadbent, co-autora do estudo e professora de medicina da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia. Os exercícios pré-cirurgia focavam em estar relaxado e pronto para a operação; os outros eram direcionados na recuperação do corpo. Os participantes eram incentivados a imaginar, por exemplo, oxigênio e nutrientes chegando ao local operado e contribuindo para a sua reconstrução, diminuindo o desconforto e trazendo alívio.

Apesar de o tratamento ter sido igual entre os dois grupos, o que realizou os exercícios de visualização relatou menos estresse e apresentou sinais mais evidentes de recuperação nas áreas operadas. Leia mais sobre como a predisposição emocional influi na saúde do corpo no especial n°38 de Mente e CérebroComo a mente cura o corpo e também o faz adoecer. Nas bancas!

Leia mais:

Técnica de visualização atenua sintomas da fibromialgia

Pensamento e ação sincronizados