Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Falha em cromossomo eleva risco de autismo

Pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts identificaram uma alteração cromossômica que parece aumentar em 100 vezes o risco de uma criança desenvolver a doença

fevereiro de 2008
© ANDREY VOLODIN/ISTOCKPHOTO
Alteração genética aparece em cerca de 1% dos pacientes com o transtorno
Pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts identificaram uma alteração cromossômica que parece aumentar em 100 vezes o risco de uma criança desenvolver autismo. Vários estudos indicam que o autismo tem um componente genético importante, mas poucos conseguiram identificar os genes e as mutações relacionadas a esse ainda misterioso transtorno psíquico.

Publicado na revista New England Journal of Medicine, o artigo descreve que a duplicação ou a ausência de um segmento do cromossomo 16 estão presentes em cerca de 1% dos pacientes com transtornos do espectro autista. Segundo os pesquisadores, a anormalidade não é hereditária. O próximo passo é identificar a função dos genes afetados.