Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Falhas em circuitos neurais de autocontrole podem causar sintomas de TOC

Usando tecnologia de neuroimageamento, cientistas acompanharam a atividade do cérebro de voluntários

julho de 2015
SHUTTERSTOCK

Lavar as mãos várias vezes em um curto espaço de tempo ou verificar insistentemente se portas e janelas estão trancadas. Esses são alguns dos muitos exemplos de comportamentos repetitivos que caracterizam o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Grupos de pesquisa que buscam bases biológicas desses sintomas já detectaram alterações em circuitos neurais em voluntários com TOC, mas ainda não é possível afirmar se essas mudanças são causa ou consequência dos hábitos compulsivos.

Agora, um estudo da Universidade Cambridge reforça a primeira hipótese: pessoas com TOC apresentariam falhas no sistema que controla comportamentos repetitivos. Usando tecnologia de neuroimageamento, os cientistas acompanharam a atividade do cérebro de 37 pessoas com TOC e de 33 sem o transtorno enquanto realizavam uma tarefa na qual deviam pressionar um pedal para evitar levar um leve choque. Em pouco tempo de exercício, o movimento com os pés se tornou um hábito para todas, mas aquelas com o transtorno continuavam a forçar o mecanismo mesmo quando a atividade chegou ao fim e não havia mais ameaça. Estas apresentaram atividade alterada em regiões associadas ao controle de comportamentos, mas não em áreas relacionadas à aquisição de hábitos.

Em artigo publicado no American Journal of Psychiatry, os autores sugerem que treinos cognitivos podem ajudar a fortalecer os sistemas de controle de comportamentos em pessoas com o transtorno. “Entender os sintomas do TOC como falhas biológicas torna-o menos assustador para o paciente, que com tratamento adequado pode aprender a administrar alguns hábitos”, diz a neurocientista Claire Gillan, principal autora do estudo.

Esta matéria foi publicada originalmente na edição de julho de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/1epW4DO

Leia mais:

Crianças com TOC podem ter alterações em circuitos cerebrais
Pesquisadores da USP observaram em voluntários uma menor
ativação na região medial dorsal do lobo frontal, área associada
a funções cognitivas complexas

Estudo associa TOC a alterações na função executiva do cérebro
Pessoas com o transtorno têm pior desempenho em tarefas
que demandam capacidade de planejamento