Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Fé religiosa e confiança na ciência tem efeito semelhante

Crença na infalibilidade da ciência serve como compensação emocional, assim como fé espiritual

março de 2014
Getty Images
Pessoas com crenças espirituais costumam ser mais resilientes e ter expectativas mais positivas em relação ao futuro. Essas características se tornam mais evidentes quando enfrentam situações difíceis. Agora, um artigo publicado no Journal of Experimental Psychology sugere que acreditar na ciência pode ter efeito semelhante. 

Pesquisadores da Universidade de Oxford e da Universidade Yale criaram uma escala para avaliar o grau de crença na ciência – isto é, a visão de que a pesquisa científica pode explicar o mundo de maneira mais satisfatória que as religiões. Em seguida, examinaram se a “fé científica” aumentava em situações ameaçadoras. Em um experimento, compararam o estresse de uma equipe de remadores durante um treinamento rotineiro ao de um grupo prestes a competir em uma regata importante. Em outro, pediram que voluntários escrevessem sobre seus sentimentos em relação à própria morte. Em ambos os casos, a confiança na ciência – em um mundo com causas e efeitos bem determinados – revelou-se maior em situações ameaçadoras. “A crença na infalibilidade da ciência não só ajuda a construir a percepção de mundo de algumas pessoas, como também serve como compensação emocional em momentos de dificuldade. Isso sugere que simplesmente ‘acreditar’, seja no que for, faz bem”, diz Miguel Farias, autor do estudo.

Leia mais 

Fé religiosa diminui ansiedade e erros em teste cognitivo

Estimulador espiritual do cérebro

Estudiosos passam a considerar um "módulo neuronal para Deus"