Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Fígado, atenção e acidentes

Pacientes com cirrose são quatro vezes mais propensos a se envolver em colisões no trânsito que a média da população

dezembro de 2009
O risco de se envolver em acidentes de automóvel é quatro vezes maior em pacientes com cirrose que desenvolvem encefalopatia mínima (EM), quando comparados à população geral, de acordo com estudo publicado na revista Hepatology por cientistas da Virginia Commonwealth University, nos Estados Unidos.

Cerca de 80% dos cirróticos são diagnosticados com EM, complicação neurocognitiva caracterizada por prejuízos na atenção e na coordenação visomotora, mas que muitas vezes passa despercebida pelo próprio paciente e por sua família. Participaram do estudo 167 pacientes, que passaram por baterias de testes psicométricos antes de serem monitorados, durante um ano, quanto ao envolvimento em acidentes de trânsito, o que ocorreu em 16% deles. Entre a população dos estados do Wisconsin e Virgínia, onde foi realizada a pesquisa, esse índice é de 3,3%.