Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Ganhar o piso salarial é desestimulante.

fevereiro de 2006
Bons empregos são artigos em falta no mercado. Entre as estratégias para melhorar a situação de trabalho estão a redução de encargos trabalhistas, o aumento do salário mínimo e o estabelecimento de piso para atividades regulamentadas. Estudo realizado pelas Universidades de Zurique e de Bonn avaliou o efeito psicológico de medidas como essas e mostrou que receber apenas o piso salarial desmotiva trabalhadores.

Os economistas Armin Falk, Ernst Fehr e Christian Zehnder dividiram 240 estudantes em empregadores e candidatos. Os chefes deviam oferecer diferentes ocupações em troca de determinado salário. A aceitação pelo candidato dependia principalmente do seu julgamento do salário: se o considerava justo ou não. Afinal, os empregadores deviam pagar "decentemente" - condição que alguns psicólogos chamam de "confiabilidade".

Na rodada seguinte, os pesquisadores informaram os pisos oficiais e ofereceram essa quantia. A avaliação se modificou radicalmente. Se o empregador oferecia apenas o piso, os candidatos quase sempre recusavam a oferta - mesmo quando a quantia era mais alta do que a oferecida durante a primeira negociação.

O fato de o empregador não querer pagar mais do que o piso era visto como antipático.

Segundo os organizadores do estudo, entretanto, em épocas de grande escassez de emprego, o senso de justiça é rapidamente abandonado.