Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Identificado gene da demência frontotemporal

A doença corresponde de 5% a 10% dos casos de demência senil.

agosto de 2006
Depois do mal de Alzheimer, a demência frontotemporal (DFT) é a principal forma de demência senil antes dos 65 anos. A área do cérebro mais afetada é o lobo frontal, envolvido no controle do comportamento, dos movimentos, do humor, além de funções cognitivas e de linguagem. Entre os primeiros sintomas estão alterações nos traços de personalidade, seguidas de perda progressiva das faculdades cognitivas.

Pesquisadores do Instituto Interuniversitário Flanders para a Biotecnologia, Bélgica, descobriram que um defeito genético localizado no cromossomo 17 é a causa do tipo mais comum de DFT. Segundo eles, o gene defeituoso está relacionado à produção de um fator de crescimento chamado progranulina, que parece estar envolvido também na formação de alguns tumores. Ainda que não se saiba sua função exata no metabolismo cerebral, observou-se que pacientes com DFT apresentam níveis de progranulina 50% mais baixos do que as pessoas saudáveis.