Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Língua dos golfinhos

julho de 2006
Golfinhos roazes se reconhecem por assobios
Não era só Flipper que atendia pelo nome: cientistas escoceses provaram que os golfinhos da espécie Tursiops truncatus, mais conhecidos como roazes, fazem o mesmo por meio de assobios.

O grupo liderado por Vincent Janik, da Universidade de St. Andrews, Escócia, estuda há anos a vocalização dos roazes da baía de Satasota, Flórida, e sabia que os assobios eram únicos para cada animal. Então decidiram gravar todo tipo de som emitido por eles quando estavam em grupo. Depois as mesmas freqüências foram reproduzidas por computadores.

Os golfinhos reconheceram a identidade dos seus semelhantes mesmo quando o assobio indicador de "sou eu" era apenas uma imitação eletrônica. E reagiram mais intensamente ao chamado de parentes próximos que ao de outros roazes da baía.
Tudo indica que os animais apresentam sua identidade por meio de uma seqüência característica de sons, concluem os autores. Segundo eles, esse tipo de comunicação é especialmente importante nos grupos pequenos, que vivem relações mais próximas. Mãe e filho, por exemplo, ficam em contato permanente "pronunciando" seus "nomes" um para o outro. E não poderiam fazer o mesmo apenas pela identificação da voz, pois as características fônicas variam conforme a pressão aquática e a profundidade. O estudo foi publicado na Nature.