Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Livro discute a combinação de medicamentos e psicoterapia

Voltada para profissionais da saúde mental, coletânea de artigos debate a associação dos dois tratamentos

março de 2015
DIVULGAÇÃO

A associação entre psicoterapia e fármacos é frequente no tratamento de transtornos psiquiátricos. No entanto, há distúrbios em que os medicamentos devem ser primeira escolha, como os psicóticos? Qual abordagem psicoterápica pode ser a mais adequada para cada caso? Voltado para profissionais da saúde mental, Integrando psicoterapia e psicofarmacologia discute o tema. Organizada pelo professor de psiquiatria Irismar Oliveira, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), junto com colaboradores internacionais, a obra reúne artigos de especialistas que debatem a combinação dos dois tratamentos na depressão maior, nos transtornos de ansiedade, na insônia, no TDAH e na dependência química, entre outros distúrbios. Os dois últimos capítulos tratam da psicoterapia mediada pelo computador e de como fatores psicossociais podem influenciar o tratamento medicamentoso.

Integrando psicoterapia e psicofarmacologia.
Irismar Reis de Oliveira, Thomas Schwartz e Stephen M. Stahl (orgs.). Artmed, 2015.
307 págs. R$ 85,00.

Veja mais resenhas de lançamentos na edição de março da Mente e Cérebro, que pode ser adquirida na Loja Segmento: http://bit.ly/184InXR

Leia mais:
Muito além da depressão
Medicamentos da classe ISRS têm sido prescritos para o tratamento de diferentes transtornos mentais

Antidepressivo traz alívio a pacientes com câncer
Combinado à psicoterapia, tratamento ameniza, além dos sintomas depressivos, dor, ansiedade e fadiga associadas à doença