Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Luz forte intensifica dores causadas pela enxaqueca

Luminosidade estimula via neural que deflagra sensação de desconforto

março de 2010
©SHIUN LOWE/ISTOCKPHOTO
Para quem sofre de enxaqueca, evitar ambientes iluminados é uma das formas de atenuar as fortes dores de cabeça. A aversão à luz é um sintoma conhecido há tempos por pacientes e médicos, mas só agora seu mecanismo foi compreendido. Pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, descobriram uma via neural que vai da retina até um grupo de neurônios cuja atividade aumenta durante as crises. Em experimentos com animais, observou-se que a luz estimula os “neurônios da enxaqueca” e que esse grupo de neurônios só é desativado de 20 a 30 minutos depois que a pessoa permanece no escuro. No estudo publicado na revista Nature Neuroscience, os autores explicam que o mecanismo depende da integridade do nervo óptico, motivo pelo qual cegos que sofrem de enxaqueca com lesão nessa área não apresentam fotofobia.