Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Macacos-prego ignoram pessoas egoístas

Animais preferiram não interagir com voluntários que se recusaram a ajudar colegas em encenação

maio de 2013
Kjersti Joergensen/Shutterstock
Quem não sabe dividir não merece atenção – pelo menos para os macacos-prego. Pesquisadores da Universidade Stirling, no Reino Unido, e da Universidade de Kyoto observaram a reação de 7 deles depois de assistir a uma situação encenada por voluntários: um deles tentou abrir um pote de vidro e pediu ajuda aos outros do grupo. Alguns negaram auxílio, mas outros o ajudaram. Depois, interagiram com os macacos, oferecendo-lhes comida. Segundo o que os cientistas relataram na Nature, os animais evitaram pegar alimento das mãos dos voluntários que haviam recusado ajuda ao colega minutos antes. Só o fizeram quando essa era a única opção. Os autores sugerem que ao longo da evolução aprendemos a identificar o comportamento excessivamente egoísta como um risco para o grupo.

Leia mais:

O mundo simbólico dos macacos-prego

Animais têm sentimentos?