Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Montagem recria experimento social Terceira Onda

Inspirado no documentário Lesson plan, texto fez simulação em sala de aula para mostrar como pessoas que acreditavam pertencer a um grupo mudavam comportamentos

dezembro de 2016
DIVULGAÇÃO

Numa sala de aula em Palo Alto, na Califórnia dos anos 60, o professor de história Ron Jones colocou em prática uma ousada experiência para mostrar a seus alunos que sociedades democráticas não estavam imunes à ascensão de grupos totalitários. Durante vários dias seguidos, começou a envolver os jovens em uma espécie de comunidade gerida por disciplina, respeito à sua autoridade e senso de pertencimento e orgulho. 

Encantados pelo novo grupo, habilmente controlado pelo professor, os estudantes desenvolveram saudações e vocabulários próprios. Aos poucos, outros alunos da escola aproximaram-se para aderir ao movimento Terceira Onda, como foi chamado, e quem não se adequava passou a ser hostilizado e delatado para Jones. A experiência só teve fim quando o professor, convocando todos para um discurso, contou a finalidade do experimento. O projeto de Jones foi inspiração para o filme A Onda, de 2008, sobre o nascimento de um novo regime nazista na Alemanha atual, e foi revivido no documentário Lesson plan, que registrou entrevistas com ele e os alunos que participaram do experimento. Esse material, por sua vez, foi base de pesquisa para Depois da Terceira Onda, montagem da Abrupta Cia. de Teatro.

De acordo com Jarbas Albuquerque, autor do texto e diretor, a peça foi pensada para ser apresentada num momento sociopolítico conturbado do Brasil, marcado pela adesão de parte da sociedade a ideias conservadoras, sabendo-se que, historicamente, ditaduras surgem em contextos de crise. A montagem recria o experimento em uma sala de aula fictícia, mostrando como a imposição de uma autoridade dissemina o medo e como o senso de pertencimento dissolve identidades, levando as pessoas a comportamentos de abuso e falta de empatia com aqueles que acreditam não fazer parte de seu grupo. Em tempo: nos anos 70, o psicólogo Phillip Zimbardo realizaria um experimento clássico da psicologia sobre comportamento de grupo, conhecido como prisão de Stanford, sobre como indivíduos desenvolviam a crueldade quando acreditavam estar sob ordens de uma autoridade incontestável. 

Depois da Terceira Onda.
Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF). Avenida Rio Branco, 241, Centro, Rio de Janeiro.
Quartas e quintas, às 19h. Informações: (21) 3261-2550. R$ 30. Até 22 de dezembro.

Para mais sugestões como esta, adquira a edição de dezembro de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/2guA4d3