Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Negritude e subjetividade

Novo livro da editora perspectiva discute a subjetividade do ser negro no país 

setembro de 2017
Da redação
DIVULGAÇÃO

O racismo e o negro no Brasil – questões para psicanálise compila textos de um encontro sobre o tema realizado no Instituto Sedes Sapientiae, que discutiu a subjetividade do ser negro em um país marcado pela negação histórica do direito de reparações à população negra. “Desnaturalizar o racismo é um ato político que chama à responsabilidade”, escrevem os organizadores. O debate consciente dessa realidade é necessário para romper o ciclo de opressões em sua estrutura mais profunda – a subjetiva.

O racismo e o negro no Brasil – questões para psicanálise. Organizado por Neomi Moritz Kon, Maria Lúcia da Silva e Cristiane Curi Abud. Perspectiva, 2017. 304 págs. R$ 49,50.

Para mais sugestões como esta adquira a edição de setembro de Mente e Cérebro: ImpressaAndroidIOS e WEB

Leia mais:

Psicose e Lacan - Em A clínica da psicose - transferência e desejo do analista, a psicóloga Gabriela Meyer discorre sobre a concepção freudiana de transferência e sua relação com o conceito Lacaniano "desejo do analista"

Atendimento hospitalarO psicólogo no hospital aborda temas úteis para estudantes de psicologia e profissionais interessados em atuar em instituições de saúde.