Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

O efeito McGurk e a percepção multisensorial

A fala não está relacionada só com os ouvidos, mas também com os olhos; por isso, aquilo que vemos pode alterar como percebemos o que ouvimos

agosto de 2014
Imagens: Shutterstock/Arte de João Simões
EFEITO MCGURK: se você assistir a um vídeo de alguém pronunciando repetida e silenciosamente a sílaba “ga” enquanto ouve uma gravação da mesma pessoa dizendo a sílaba “ba”, vai ouvi-la pronunciando “da”; a pronúncia silenciosa de “ga” muda a percepção da sílaba audível “ba” porque o cérebro integra o que vemos e ouvimos
Nossa capacidade de compreender a fala é diminuída se não observamos os lábios do interlocutor, especialmente em ambientes barulhentos, ou quando o falante tem sotaque acentuado. Aprender a perceber a fala não só com os ouvidos, mas também com os olhos, é parte do desenvolvimento típico da comunicação. Por isso bebês cegos – que não conseguem ver a boca dos interlocutores ao redor – muitas vezes demoram mais que as outras crianças para apreender certos aspectos da fala. O fato é que simplesmente não conseguimos deixar de “integrar” as palavras que vemos nos lábios dos outros com o som que captamos. Recentemente, pesquisas sobre essa percepção multissensorial ajudaram a trazer uma pequena revolução para a compreensão científica de como o cérebro organiza as informações recebidas.

Um dos exemplos mais antigos e consistentes de percepção multissensorial é conhecido como o efeito McGurk, relatado pela primeira vez por Harry McGurk e John MacDonald em 1976. Se você assistir a um vídeo de alguém pronunciando repetida e silenciosamente a sílaba “ga” enquanto ouve uma gravação da mesma pessoa dizendo a sílaba “ba”, vai ouvi-la dizendo “da”. As sílabas silenciosas “ga” mudam sua percepção das sílabas audíveis “ba” porque o cérebro integra o que o corpo ouve e vê. Um fato curioso é que o efeito McGurk funciona em todos os idiomas e continua a funcionar, independentemente do número de vezes que a pessoa tenha participado do experimento.

Você pode saber mais sobre percepção multisensorial na matéria Olhos para ouvir, ouvidos para ver, da Mente e Cérebro n. 259.

Leia mais

Estímulo cerebral altera percepção de obras de arte
Técnica de aplicação de corrente elétrica no córtex pré-frontal apura o senso estético, pelos menos por algum tempo

Pequenos rituais deixam a comida mais saborosa
Até mesmo os mais simples "protocolos" antes de comer estimulam a percepção