Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

O feminino revisitado

setembro de 2008
Divulgação
Interlocuções sobre o feminino na clínica, na teoria, na cultura. Silvia Leonor Alonso, Danielle Melanie Breyton, Helena M. F. M. Albuquerque (orgs.). Escuta/Sedes Sapientiae, 2008. 415 págs., R$ 46,00.
O recém-lançado Interlocuções sobre o feminino na clínica, na teoria, na cultura, reúne artigos de psicanalistas a partir dos trabalhos apresentados na II Jornada temática do Departamento de psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo, realizada em maio de 2007. As indagações a respeito do feminino, uma das áreas mais fecundas na elaboração de debates psicanáliticos desde a década de 30, têm sido desafiadas pelas grandes alterações sociais ocorridas nos últimos anos. Os textos do livro lançam olhares sobre essas transformações, estabelecendo diálogos entre a experiência clínica, embasada no conhecimento teórico, e as artes plásticas, a literatura e o cinema. Mais de 30 artigos, divididos em dez tópicos, oferecem um panorama amplo e complexo, abordando temas como as relações amorosas, atração e possibilidades de encontro; maternidade e filiação; situações de violência; a estética corporal como forma de subjetivação. “As mudanças no imaginário da cultura instituíram discursos diferentes sobre a sexualidade, sobre o feminino e o masculino. Deram origem a subjetividades e a sintomas diferentes, tanto na clínica quanto no social, introduzindo mudanças na forma como as mulheres têm vivido as passagens do feminino: a adolescência, a gravidez e a menopausa”, afirma a psicanalista Silvia Leonor Alonso, uma das organizadoras da obra. Segundo ela, essas mudanças convidam profissionais da área da saúde a repensar permanentemente os conceitos que os guiam e os fundamentos que norteiam a prática clínica.