Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Obras completas de Sabina Spielrein

Conhecida como "a paciente histérica e amante de Carl Jung", ela foi, na verdade, uma grande analista. Suas importantes contribuições para a psicanálise são tema de série lançada pela editora Livros da Matriz

setembro de 2014
Divulgação
Sabina Nikolajevna nasceu na Rússia, em 1885. Aos 19 anos, foi internada pelos pais no Instituto Burghölzli, onde Carl G. Jung tratou-a com a técnica de associação livre. O relacionamento entre os dois se aprofundou e tornaram-se amantes, ficando juntos até 1910. 

Formada em medicina, foi a segunda mulher a ser admitida na Sociedade Psicanalítica de Viena, cujos membros faziam parte do círculo íntimo de Sigmund Freud. Publicou 30 ensaios psicanalíticos e sua obra trouxe contribuições importantes para temas como esquizofrenia, psicanálise infantil e as origens da linguagem e do pensamento. Foi a primeira a propor um componente destrutivo da sexualidade humana, conceito que deu origem à pulsão de morte de Freud.

Mesmo assim, sua obra ficou esquecida de 1930 a 1992. No cinema, ganhou destaque em filmes como Jornada da Alma (2002) e Um método periogoso (2011), mas teve nesse último seu papel como pensadora e analista completamente ofuscado pela figura da amante e histérica. A publicação do primeiro volume do livro Sabina Spielrein - uma pioneira da psicanálise, organizado pela psicanalista Renata Udler Cromberg busca resgatar as importantes contribuições de Sabina com a primeira edição brasileira de suas obras completas. O lançamento, da editora Livros da Matriz, acontece no dia 26 de setembro, na Casa das Rosas, em São Paulo.

Lançamento Sabina Spielrein - uma pioneira da psicanálise. Casa das Rosas. Avenida Paulista, 37. Bela Vista, São Paulo. 26 de setembro, das 18h30 às 21h30.

Leia mais

Um caso de Jung
Paciente e depois amante de Jung, a russa Sabina Spielrein tornou-se teórica brilhante da psicanálise e elaborou a formulação pioneira da pulsão de morte

Jung fala sobre a morte
Vídeo mostra o renomado psiquiatra respondendo a questões sobre o problema da morte